Geral

Siderópolis abre turma para alfabetização e nivelamento escolar

O objetivo é ofertar mais uma oportunidade de alfabetização e auxiliar as pessoas que interromperam os estudos e desejam ter o certificado de conclusão.

Foto: Divulgação

O Governo de Siderópolis, por meio da Secretaria de Educação, irá montar uma turma para alfabetização e nivelamento escolar. A classe será única e as aulas ministradas todas as terças e quintas-feiras, das 19h às 22h, na escola municipal Criança Cidadã, no centro da cidade. As aulas iniciarão na próxima quinta-feira, 22, e as inscrições podem ser feitas no local até o dia 01 de março. É necessário levar Carteira de Identidade, CPF e comprovante de residência.

“O objetivo é ofertar mais uma oportunidade de alfabetização e ainda auxiliar as pessoas que interromperam os estudos e desejam receber o certificado de conclusão”, destacou a secretária de Educação, Rosângela Rossa de Souza, acrescentando que no caso do nivelamento escolar é feito uma prova para qualificar o nível de conhecimento.

A Secretaria de Educação de Siderópolis já oferece alfabetização para jovens e adultos por meio do Centro de Educação Municipal (CEM). “Muitas pessoas têm vontade de aprender a ler e escrever ou concluir seus estudos para receber um certificado e não conseguem frequentar as aulas regularmente. Em duas noites por semana vamos tornar esse sonho possível”, afirmou o prefeito Hélio Cesa, o Alemão

Colaboração: Simone Costa – Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Siderópolis

Notícias Relacionadas

MEC registra 2,9 milhões de acessos a curso gratuito pela internet sobre alfabetização

Professores, pais e qualquer pessoa interessada pode realizar o curso gratuito oferecido pelo Ministério da Educação neste período de Covid-19 sobre alfabetização.

Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa é lançado em Orleans

Agronegócio responde por 70% das exportações catarinenses em 2020

As exportações trouxeram a Santa Catarina receitas de US$ 8,1 bilhões em 2020

Trabalho escravo e aliciamento e tráfico de trabalhadores motivam mais de 6 mil denúncias nos últimos cinco anos

Para marcar o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, instituição realiza evento virtual em 28 de janeiro, às 18h, sobre a atuação nesta área