Educação

Sistemas de Informação da Esucri traz palestra sobre tecnologia em reconhecimento facial

Case da Rede Angeloni será assunto principal no encontro que ocorre via plataforma Microsoft Teams nesta segunda-feira

Divulgação

Você já parou para pensar como funciona o reconhecimento facial presente em aplicativos usados no dia a dia? Para responder esta pergunta, o curso de Sistemas de Informação das Faculdades Esucri promove a palestra ‘Solução Payface de pagamento por reconhecimento facial: conheça o case Angeloni’, que ocorre via plataforma Microsoft Teams, nesta segunda-feira, dia 24, às 19h20.

O Mestre em Gestão Estratégica de Organizações pela ESAG/UDESC, Bacharel em Sistemas de Informação e em Administração Eládio Isoppo irá comentar sobre a proposta da empresa Startup Payface em oferecer uma experiência de compra usando apenas o rosto que a Rede Angeloni está utilizando, sem enfrentar filas ou ter que dizer a opção de pagamento.

“Reconhecimento facial é uma forma de identificar o rosto, as feições de uma pessoa e confirmar sua identidade. Ele funciona em um sistema que mapeia os padrões do rosto da pessoa através de um algoritmo, podendo depois identificar essa mesma pessoa em fotos, vídeos e em tempo real”, explicou Isoppo.

“Podemos nos beneficiar dessa tecnologia para, por exemplo, controles de acesso na segurança pública e privada, redução na fraude de identidade, precisão, e por que não, para pagamento de compras em supermercados”, complementou.

A coordenadora do curso de Sistemas de Informação da instituição, professora Andréia Ana Bernardini ressalta a importância deste evento para os estudantes da graduação. “Procuramos sempre trazer eventos que agregam conhecimento e apresentar tecnologias atuais aplicadas em casos reais, e valorizando a participação de nossos egressos que participaram da implantação deste projeto”, disse.

Notícias Relacionadas

Pesquisa aponta aumento de casos de covid em 1.217 cidades esta semana

O número corresponde a 33,9% das 3.591 prefeituras ouvidas

Governo de SC vai prorrogar estado de calamidade pública até 30 de setembro

Com a medida, o Estado fica desobrigado de cumprir algumas metas fiscais, o que facilita o combate ao vírus

Santa Catarina avança na certificação de propriedades livres de brucelose e tuberculose

A intenção da Secretaria da Agricultura é ampliar o número de certificações, para que esse seja mais um diferencial competitivo do agronegócio catarinense

Governo do Estado abre licitação para elaboração de estudo para criação de rodovia alternativa à BR-101 Norte

A empresa que for selecionada na licitação terá seis meses para executar um estudo identificando onde poderá passar essa nova rodovia