Geral

Situação precária em escola de Araranguá prejudica alunos

Escola Municipal Otávio Manoel Anastácio, em Araranguá, apresenta sinais de deterioração. Pais realizaram protesto pedindo melhorias.

Foto: Divulgação

Construída há mais de 20 anos, a Escola Municipal Otávio Manoel Anastácio, no bairro Jardim Elizabeth, em Araranguá, apresenta sinais de deterioração. Para reivindicar melhorias, pais e alunos realizaram uma manifestação pacífica com cartazes e apitos na manhã de sexta-feira, 22, em frente à instituição.

Conforme a coordenadora da Associação de Pais e Professores (APP), Rosângela Coelho, a situação está precária com forros caindo, a maior parte da estrutura quebrada e quando chove os estudantes não conseguem acompanhar as aulas. Além disso, faltam também extintores de incêndio e outros itens que ajudam a evitar acidentes.

“Eles realizaram algumas melhorias, mas só taparam o sol com a peneira. Todo o espaço da escola está prejudicado. Existem rachaduras, quando chove ocorrem alagamentos e os estudantes não podem ficar nas salas. Nós também temos problemas com a parte elétrica, faltam equipamentos de segurança, entre outras necessidades”, afirma.

Com informações do Portal DNSul

Notícias Relacionadas

Teoria, prática e emoção: alunos de Medicina Veterinária do Unibave auxiliam em partos de animais

Nos últimos dias, acadêmicos viveram a experiência de auxiliar na realização de partos de animais - uma cesárea e outro normal.

Educação monta força-tarefa para garantir que alunos de comunidades distantes recebam atividades impressas

O mesmo esforço para entregar as atividades impressas para alunos sem acesso à internet está sendo feito por vários gestores escolares e professores da rede estadual.

Secretaria da Educação disponibiliza acesso à ferramenta de atividades não presenciais para alunos e professores

As contas educacionais já foram geradas e organizadas para o acesso de forma rápida.

I Feira do Livro é oficialmente aberta em Orleans