Saúde

Sobe para 12 o número de mortos por gripe A em Santa Catarina

Até agora, são 136 casos confirmados para Influenza. Criciúma e Laguna contabilizam a maior parte dos casos confirmados no Sul. Braço do Norte, São Ludgero, Nova Veneza, Içara e Araranguá também entram na lista.

Foto: Divulgação

Chega a 12 o número de mortos por gripe em Santa Catarina, conforme o boletim mais recente do Diretoria de Vigilância Epidiomiológica de Santa Catarina (Dive-SC), que compila dados da doença de 31 de dezembro de 2017 a 13 de junho deste ano.

Dos 12 mortos, 6 foram diagnosticados pelo subtipo A (H1N1), 5 pelo subtipo A (H3N2) e 1 (8,3%) está aguardando a subtipagem. A maioria dos pacientes era de idosos ou pessoas com fator de risco associado, como obesidade, portadores de doenças crônicas e bebês.

Até agora, são 136 casos confirmados para Influenza: 112 evoluíram para a cura, 12 morreram e 12 ainda aguardam conclusão da investigação.

Desses casos, 71 foram confirmados para o vírus A(H1N1), 53 pelo vírus A(H3N2), 8 pelo vírus Influenza B e 4 aguardam subtipagem.

Local das mortes

Florianópolis: 3 mortes

Blumenau e Jaraguá do Sul: 2 mortes cada

Leoberto Leal, Nova Trento, São José, São Miguel da Boa Vista e Videira : 1 morte cada.

Cidades com registros confirmados da doença:

Florianópolis: 20 casos.

Blumenau, São José e Tubarão: 13 casos.

Laguna: 7 casos.

Criciúma: 6 casos.

Joinville: 5 casos.

Biguaçu e Ituporanga: 4 casos cada.

Araranguá, Braço do Norte, Itajaí, Jaraguá do Sul e Palhoça, com 3 casos cada;

Chapecó, Itapema, Leoberto Leal, Maravilha, Rodeio, Santo Amaro da Imperatriz, Tijucas e Videira: 2 casos cada.

Apiúna, Balneário Camboriú, Brusque, Camboriú, Canelinha, Concórdia, Içara, Irani, Lebon Régis, Nova Trento, Nova Veneza, Pescaria Brava, Porto União, São Bento do Sul, São Ludgero, São Miguel do Oeste, Schroeder e Timbó: 1 caso cada.

Idades

A maioria, 39 casos confirmados, ocorreu com pessoas acima de 60 anos. Vinte e um casos foram diagnosticados em pacientes com idades entre 50 e 59 anos.

Ainda, 18 casos foram identificados em pacientes entre 20 e 29 anos. Outros 12 foram em adolescentes entre 10 e 19 anos.

Além disso, 11 casos foram diagnosticados em crianças menores de 2 anos, 10 casos em pessoas com idades entre 30 e 39 anos, 9 em crianças entre 5 e 9 anos.

Por último, três casos foram de crianças com idades entre 2 e 4 anos.

Dos 136 casos confirmados, 93 apresentaram algum fator de risco associado, 39 eram idosos, 31 eram portadores de doenças crônicas, 11 eram crianças menores de 2 anos, 4 eram gestantes e 8 eram obesos.

Com informações do G1SC

Notícias Relacionadas

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.

Produtor do melhor mel do mundo, Santa Catarina prevê safra acima da média em 2020

Santa Catarina tem uma série de fatores que, naturalmente, favorecem o cultivo de um mel diversificado e até mais puro.

OMS relata recorde diário global de mais de 307 mil casos da covid-19

A Índia é a líder mundial com 97.570 casos em um único dia