Geral

Sol e tempo firme levam milhares às praias de SC em prévia do “verão dos vacinados”

Tempo colaborou neste feriado de 15 de novembro e catarinenses e turistas aproveitaram o sol; veja fotos

Divulgação

O feriadão de Proclamação da República, o último antes da temporada de verão oficialmente começar em Santa Catarina, já deu uma amostra do que deve vir pela frente: praias cheias e hotéis lotados no verão dos vacinados contra a Covid-19. O tempo premiou os que insistiram em procurar o Litoral apesar da instabilidade e esta segunda-feira (15) foi de sol em boa parte do dia em diversas cidades. Veja abaixo fotos que mostram como estavam as praias de Balneário Camboriú, Itajaí, Penha e Itapoá.

O tempo “indeciso” não afastou os turistas de Santa Catarina. Na famosa praia de Jurerê, em Florianópolis, foi difícil encontrar lugar para estacionar já na manhã desta segunda-feira, constatou o repórter André Zanfonatto, da NSC TV. Nas placas dos carros predominaram cidades não só da região como de São Paulo e Rio Grande do Sul.

— Quem não está ajudando muito neste ano é o tempo. Outubro foi um mês muito chuvoso, imagina se este tivesse sido um feriado (apenas) de sol, estaríamos com um movimento muito próximo ao da alta temporada — avaliou o presidente da Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de Santa Catarina (Fhoresc), Estanislau Bresolin.

Mesmo com dias nublados e de chuva, o feriado animou as entidades do setor turístico catarinense. A expectativa é de que a quantidade de voos no Aeroporto Internacional de Florianópolis chegue a 95% do que foi operado na alta temporada em 2019, antes da pandemia. Para 2022, os viajantes contarão com dez novas rotas de voos diretos. Neste feriado, a Fhoresc informou que os resultados da lotação em hotéis superam alguns dados pré-pandêmicos.

A cara do verão

O aparecimento do sol neste feriado trouxe alívio aos banhistas que não tiveram a oportunidade de curtir a praia nos últimos feriados por conta da chuva. O clima nas praias foi de verão: muitos guarda-sóis, vendedores ambulantes, cadeiras e jogos na areia.

Em Itapema, o Circuito Mundial de Vôlei de Praia recebeu as melhores atletas do planeta em um clima ainda mais especial: Ágatha e Duda encerraram a parceria que durou cinco anos. A dupla, que venceu mais de 50 pódios e representou o Brasil em Tóquio 2020, levou o ouro na competição ocorrida em terras catarinenses neste domingo (14). O eventou contou com a participação do público.

Houve também desrespeito ao uso de máscara, medida de prevenção ao coronavírus ainda em vigor em Santa Catarina, mesmo em espaços abertos. O governo do Estado até estuda a publicação de um decreto para flexibilizar o uso de máscaras em locais abertos, mas isso só deve ocorrer após a revogação da lei nacional sobre o uso do item de proteção e também do avanço da vacinação a 65% ou 70% da população de SC.

Trânsito

A volta para casa tem exigido um pouco de paciência dos motoristas. Nesta segunda, alguns pontos de lentidão atrasaram a viagem de muitos. Às 17h45 min, conforme a concessionária que administra parte da BR-101, havia congestionamento de dez quilômetros no Km 143, em Itapema, no sentido Norte. Em Joinville, no km 55, são 15 quilômetros de congestionamento, também em direção ao Norte. O mesmo tamanho de fila é registrado em Barra Velha, no Km 130.

Em Balneário Camboriú, são quatro quilômetros de retenção no Km 130. Em Navegantes, nove quilômetros no KM 111. Pouco mais adiante, em Itajaí, Km 118, são dez quilômetros de lentidão. Todos em sentido a Curitiba.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Jovem morre afogado após salvar criança e adolescente no rio em SC: “Herói”

Corpo de Eduardo Cordeiro foi encontrado na manhã deste domingo (5)

Criança de seis anos é resgatada após queda de dois metros, em Paulo Lopes

Aeronave transportou a vítima até o Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis

Defesa Civil de SC emite alerta para temporais neste domingo com vento forte e granizo

Dia de altas temperaturas pode ter registro de chuva intensa em um curto intervalo de tempo por todo o Estado, de acordo com a Epagri/Ciram

Beach clubs de Jurerê têm que demolir estruturas feitas após 2005, determina STF

Para o advogado, o STF não determina a demolição das estruturas, e afirma que elas podem ser "readequadas" a partir de requerimento