Saúde

Sul do Estado recebe nove médicos cubanos em sete cidades

Sul do Estado recebe nove médicos cubanos em sete cidades

Foto: Divulgação

Santa Catarina recebeu, nessa quarta-feira (28), 40 médicos cubanos pelo programa Mais Médicos. Os profissionais vieram substituir, em 35 municípios catarinenses, outros médicos cooperados que já cumpriram seu contrato de três anos de trabalho. No Sul do Estado, são nove profissionais em sete municípios, veja abaixo a relação completa.

A cerimônia de acolhimento aconteceu no Cinema do Centro Integrado de Cultura – CIC, em Florianópolis, e contou com a presença do superintendente de Planejamento e Gestão da Secretaria do Estado de Saúde – SES, Adriano Ribeiro, representando o secretário Vicente Caropreso.

Criado em 2013, o programa do Governo Federal tem o intuito de promover a melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde – SUS, levando médicos para atender em locais onde há a escassez ou a ausência destes profissionais. Santa Catarina possui 218 municípios cadastrados no programa, com um total de 579 vagas, 508 delas preenchidas. Destas 508, 259 são ocupadas por médicos cubanos.

Número de médicos por município:

Balneário Rincão – 2
Belmonte – 1
Benedito Novo – 1
Biguaçu – 1
Caibi – 1
Concordia – 1
Gaspar – 1
Guabiruba – 1
Içara – 2
Imbuia – 1
Ipora do Oeste – 1
Ipuacu – 1
Ituporanga – 2
Jaguaruna – 1
São José do Cerrito – 1
Lauro Müller – 1
Maravilha – 1
Pouso Redondo – 1
Modelo -1
Nova Trento – 1
Novo Horizonte – 1
Pirituba – 1
Porto União – 2
Praia Grande – 1
Rio do Campo – 1
Santa Rosa do Sul – 1
São Domingos – 1
São João Batista – 1
Siderópolis – 1
Timbó – 1
Vargem Bonita – 1
Videira – 1
Witmansur – 1
Distrito Sanitário Especial Indígina (DSEI) Interior Sul – 2

Com informações do Portal Engeplus

Notícias Relacionadas

Petroleiros deflagram greve de 72 horas a partir de quarta-feira

Quimioterapia: jovem tubaronense consegue tratamento na Justiça

Equipamento inédito que identifica dor e produzido com apoio do Governo de SC é apresentado em Brasília

Através de um software e tecnologia avançada, o ReitzScan identifica, avalia e quantifica a dor em três estágios: suave, moderada ou severa.

Porto de Imbituba realiza maior embarque de granel sólido da Região Sul do Brasil

O cargueiro de bandeira liberiana segue para o Porto de Tianjin, na China.