Segurança

Suspeito de assaltar banco no Sul de SC morre e outros são baleados

Outros envolvidos conseguiram fugir; eles estavam em um mato. Operação da PM, Bope e Águia foi nesta madrugada na Serra do Faxinal.

Um homem morreu e outros foram baleados durante um confronto com a Polícia Militar em Praia Grande, no Sul de Santa Catarina. Eles são suspeitos de participar de um assalto a uma agência do Banco do Brasil na tarde de segunda-feira (2), no qual usaram clientes como reféns e escudo humano para fugir. Outros envolvidos no crime conseguiram escapar durante a operação policial.

De acordo como a Polícia Militar, os quatro criminosos estavam escondidos em um mato na Serra do Faxinal, que fica no mesmo município, distante cerca de 8 quilômetros do local do assalto. No local, a PM encontrou uma quantia dos R$ 200 mil em dinheiro roubados, um fuzil, uma submetralhadora, duas espingaradas calibre 12 e uma pistola.

Pistas do esconderijo

Ainda segundo os policiais, na segunda-feira, um homem que estava foragido por outro crime foi preso em Praia Grande ao conduzir um Ômega com compras de supermercado. Os policiais acreditam que os mantimentos eram destinados aos criminosos.

Com isso, eles tiveram que sair do esconderijo para comprar mantimentos e renderam um guarda de uma obra asfáltica da região. Segundo a PM, a intenção pode ter sido a de obter os alimentos. A polícia foi acionada para a ocorrência e, embora os criminosos tenham fugido, os policiais souberam em que região estavam escondidos.

Desta forma, uma operação que contou com agentes da Polícia Militar, do Batalhão de Operações Policiais Especiais – Bope e até do helicóptero Águia da PM foi montada e atuou durante a terça e a quarta-feira para localizar os assaltantes. Na madrugada desta quinta, os seis homens foram localizados.

De acordo com a Polícia Militar, eles entraram em confronto com a polícia e um acabou morto, outro baleado e quatro conseguiram fugir. O corpo do homem morto foi encaminhado para o Instituto Médico legal – IML de Criciúma, também no Sul do estado.  PM informou que os suspeitos feridos estão dentro do mato, mas não sabe exatamente quantos são. As buscas continuam, conforme a polícia.

Assalto

O assalto ocorreu por volta das 12h de segunda em uma agência do Banco do Brasil. De acordo com informações da Polícia Militar, quatro homens encapuzados e armados invadiram a agência. Um deles estava com um fuzil e os outros três com espingardas.

Eles renderam o gerente bancário e o obrigaram a abrir o cofre da agência. De acordo com a PM, eles roubaram R$ 200 mil em dinheiro. Para conseguir fugir, eles fizeram o gerente, dois seguranças e um cliente de reféns.

Os reféns foram feitos de escudo humanos e colocados dentro do veículo utilizado na fuga. A quadrilha seguiu em direção ao município de Cambará do Sul, no Rio Grande do Sul.

De acordo com a PM, na Serra do Faxinal, ainda em Praia Grande, os reféns foram liberados. Às 15h, eles estavam na delegacia prestando depoimentos, conforme a PM

O carro utilizado na fuga foi encontrado abandonado na localidade de Rio do Boi, ainda na Serra do Faxinal. Até às 15h a polícia realizava buscas na região e ninguém havia sido preso.

Com informações do site G1 SC

  • 8e36932fa692d1d38c30e3bfc1ad095d
  • eeaa6b7c4dd681f72071a55d8c8d9ccd
  • 625a22a183d32adc2cca1564d9c13997
  • 684eb7c27b55205ff4b48dd63199117b
  • 9e153459726d49049f2bb5d6d1706c26
  • a7f5cb5922b41d3df248fc3e1efa62ce
  • aebef076cd3b5fa46c0063680d837967
  • eec8ff75bcb209d158ce8eaf9309888e
  • 9aed3a9cd503652ed27b2c4d3d30b751
  • 5914a20ae91eb9a06f2af56f6302d9e3
  • a624c8ca86042cae051cfd59abf18d81
  • 5b048e63bd39f54f3041aaceacdc6218
  • 928d713edfe33a423820131fa7e45b2b