Segurança

Suspeito de assalto a cooperativa de crédito é morto e outros dois são detidos em SC

Morte de homem que teria agido em assalto ocorreu na tarde desta sexta-feira em troca de tiros com a polícia no Vale do Itajaí. Um quarto envolvido fugiu.

Divulgação

Um homem suspeito de envolvimento a um assalto em uma cooperativa de créditos em Aurora, no Vale do Itajaí, foi morto e dois foram detidos na tarde desta sexta-feira (5). Segundo a Polícia Civil, que investiga o caso, a morte ocorreu em uma troca de tiros enquanto os suspeitos do assalto eram perseguidos pela polícia. Um quarto envolvido fugiu.

O assalto ocorreu no fim da manhã em Aurora. Os suspeitos fizeram duas pessoas como reféns e levaram R$ 75 mil em dinheiro.

Outra agência da mesma cooperativa de crédito também foi assaltada menos de uma hora antes em Santa Cecília, no Oeste catarinense. Pela distâncias entre as cidades, inicialmente a Polícia Civil acredita que os roubos tenham sido cometidos por grupos diferentes.

Os dois reféns em Aurora seriam a gerente da agência bancária e um adolescente, cliente que estava no local. Eles foram liberados logo depois, próximo ao posto da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) no município.

A troca de tiros e as prisões ocorreram de tarde em Rio do Sul, próximo a Aurora. Até as 19h50, a Polícia Civil não tinha detalhes sobre como um dos suspeitos foi morto e ele ainda não tinha sido identificado.

A princípio, segundo o delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Rio do Sul, Luiz Ricardo Erckmann, houve troca de tiros entre os suspeitos e a Polícia Militar.

“Foram presos dois e um dos envolvidos acabou morrendo, e outro escapou. Desses dois presos, um é menor”, disse o delegado.

Até as 20h, o adolescente apreendido e o homem preso seguiam na delegacia e não foi informado o teor do depoimento deles. A polícia não encontrou o dinheiro roubado com os detidos.

Os policiais encontraram e apreenderam quatro pares de luvas e quatro mudas de roupa logo após a ocorrência. Depois, quando dois suspeitos foram detidos, armas também foram apreendidas.

No ano passado, a mesma agência foi assaltada por três homens, que roubaram o dinheiro que estava no cofre. Na época, o assalto ocorreu por volta das 10h, quando o estabelecimento abriu para atendimento aos clientes. Os funcionários foram rendidos e ninguém ficou ferido.

Não dá para ter certeza ainda se é uma represália ou não. Porque saiu a condenação do pessoal que assaltou ano passado há poucos dias“, disse o delegado Erckmann.

Santa Cecília

Uma cooperativa de crédito no Centro de Santa Cecília foi assaltada por volta das 10h. Os criminosos fugiram em um carro, que depois foi incendiado.

“Quatro ou cinco homens entraram no banco. [Os suspeitos] Fugiram em um HB20 de cor escura. Esse veículo foi encontrado em chamas numa área de reflorestamento próxima da BR-116”, afirmou o delegado de Santa Cecília, Cassiano Tiburski.

Segundo a Polícia Militar, eles fugiram com um colete balístico e a arma do segurança da agência bancária. O valor roubado não foi informado e até as 20h, a polícia seguia a procura de suspeitos.

Com informações do G1 SC

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Santa Catarina registra segunda maior taxa de distanciamento social do país neste sábado

Em cumprimento ao Decreto Estadual, estabelecimento é interditado em Imbituba

A loja estava aberta e com todos os funcionários em atividade.

Coronavírus em SC: Governo do Estado pactua abertura de 322 novos leitos clínicos e 170 de UTI

Semana Restart traz debates atuais para acadêmicos UniSatc

Na próxima segunda, aulas seguem na instituição na modalidade presencial e online