Segurança

Suspeito de latrocínio de taxista de Içara é preso em São Paulo

Paulo Eduilio Neves Marques, de 67 anos, foi assassinado em 31 de março.

Suspeito de latrocínio de taxista de Içara é preso em São Paulo

Foto: Polícia Civil

W. da S. B., de 32 anos, foi preso pela Polícia Civil como suspeito do crime de latrocínio que vitimou Paulo Eduilio Neves Marques, de 67 anos. Em 31 de março, chegou ao conhecimento da Polícia Civil de Morro da Fumaça que o homem teria teria desaparecido, não sendo encontrado desde a manhã do mesmo dia. Por volta de 14h30min, o veículo dele, um Toyota Corolla, foi encontrado batido no bairro Brasília, em Criciúma, com diversos objetos dentro, inclusive dois telefones celulares.

No mesmo dia, por volta de 18h30min, existindo informações de que o veículo havia estado na Linha Cabral, em Morro da Fumaça, foram feitas diligências no local, sendo possível encontrar Paulo com lesões no corpo e sem vida, tendo seus pertences, como dinheiro e celular, sido levados. Após investigações conduzidas pela Polícia Civil, com apoio do Instituto Geral de Perícias (IGP), foi identificado W. como suspeito do crime.

Diante disso, em 5 de maio, passado pouco mais de um mês, a Polícia Civil representou pela prisão temporária do suspeito. As investigações apontaram que ele teria fugido e que estaria internado em uma clínica em Itapecerica da Serra/SP. Após a troca de informações com a polícia paulista, o investigado foi preso. Ele será transferido para Santa Catarina, onde será interrogado.

“Agradecemos o empenho dos policiais civis de Criciúma, Içara e Morro da Fumaça, que auxiliaram na investigações, em especial os agentes Márcio João de Souza e Luíza Brunato Weber. Também é importante enaltecer o trabalho rápido do promotor de Justiça Elias Albino de Medeiros Sobrinho e do juiz de Direito Roque Lopedote. Em menos de um mês, a Comarca de Urussanga registrou três latrocínios, todos elucidados pela Polícia Civil de Santa Catarina”, declarou o delegado Ulisses Gabriel.

Suspeito de latrocínio de taxista de Içara é preso em São Paulo

Foto: Polícia Civil

Notícias Relacionadas

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Sentença de pronúncia levará para júri casal acusado por homicídio cometido com espada em Orleans

Segundo os autos, os crimes aconteceram em março deste ano, no bairro Rio das Furnas

Polícia Civil apresenta dados positivos na repressão de roubos em Criciúma com prisões realizadas e criminosos identificados

Comparado com 2018, os dados indicam redução de roubos com uso de arma de fogo, roubos em residência e roubos com mais de três autores, com estabilização da quantidade de roubos gerais.

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito