Segurança

Suspeito de matar e atear fogo em morador de rua em SC é preso

Crime teria acontecido no último dia 15, e testemunhas do crime teriam sido ameaçadas de morte

Foto: Bruno Golembiewsk/Divulgação

Um homem suspeito de homicídio contra um homem em situação de rua foi preso nesta sexta-feira (22). O crime aconteceu em Balneário Camboriú, em um terreno baldio na esquina da avenida Marginal Leste com a rua Pernambuco.

Investigações da DIC (Divisão de Investigação Criminal) da Polícia Civil mostraram que o crime teria acontecido no dia 15, mas o corpo só foi encontrado no dia 18 de abril, última segunda-feira.

A vítima estaria dormindo com uma mulher no terreno quando outro morador de rua se aproximou e, sem falar nada, o golpeou diversas vezes com um pedaço de madeira na cabeça. O suspeito ainda teria vasculhado os pertences da vítima em busca de drogas, mas não encontrou nada e, em seguida, ateou fogo no corpo.

A mulher e outras duas testemunhas foram poupadas sob ameaças de morte, caso falassem algo. Após a prisão, o suspeito confessou, em interrogatório, mas afirmou que o motivo do crime seria porque a vítima estaria estuprando a mulher com quem estava dormindo. Segundo a polícia, no entanto, essa narrativa é inverídica.

O preso foi encaminhado ao Presídio do Vale do Itajaí, onde aguardará a conclusão da investigação. A vítima ainda aguarda identificação, e informações podem ser dadas pelo telefone 181.

Com informações do ND+

Notícias Relacionadas

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Incêndio no Hotel Rech: polícia indicia responsável pelo local por homicídio culposo

Morador de Urussanga que falsificou atestados para não trabalhar é condenado pelo Tribunal de Justiça

A 2ª Vara da Comarca de Urussanga, que condenou o réu à pena de um ano e dois meses de reclusão em regime aberto, substituída por prestação de serviços à comunidade pelo mesmo período.

Homem coloca fogo em carro e ameaça família em Orleans

O suspeito apresentava sinais de embriaguez e ainda quebrou vários objetos das vítimas.