Segurança

Suspeito de queimar a namorada viva após atirar na cabeça dela em SC é preso

Jovem de 20 anos foi morta na noite do dia 16 de maio

Foto: Polícia Civil/Divulgação

O homem suspeito de atirar e assassinar a companheira queimada em Joinville foi preso na tarde de terça-feira (24), nove dias após o crime. Segundo a Polícia Civil, vítima ainda estava viva quando o fogo começou. Ela foi encontrada em cima de uma cama com queimaduras pelo corpo

Valesca Micaela Toledo tinha 20 anos e foi morta na noite de 16 de maio dentro da quitinete em que vivia com o então namorado, de 18, no bairro Jardim Sofia, zona Norte da cidade. Conforme apontam as investigações da Polícia Civil, Valesca foi atingida com um tiro na cabeça e, em seguida, teve o corpo incendiado.

O suspeito já tinha sido identificado pela polícia e, inclusive, tinha um mandado de prisão ativo, mas ainda não havia sido encontrado. Na última terça, ele procurou a Delegacia de Homicídios e confessou o feminicídio.

O homem justificou que agiu em legítima defesa, no entanto, conforme a polícia, elementos encontrados na cena do crime indicam “clara contradição” na alegação do jovem. Ele foi preso preventivamente.

Além deste feminicídio, o suspeito também é investigado pela morte da ex-companheira de Valesca, morta em dezembro do ano passado no bairro Jardim Paraíso

Relembre o caso

​A Polícia Militar foi acionada por volta das 20h40min do dia 16 para atender a ocorrência e, quando chegaram ao endereço, encontraram a casa queimada. Os policiais conversaram com vizinhos, que relataram ter ouvido Valesca e o suspeito discutindo durante a noite.

A casa fica em um conjunto de quitinetes e, minutos após a briga, os moradores sentiram cheiro de fumaça saindo do local e, rapidamente, atuaram com baldes para apagar as chamas. No entanto, em primeiro momento, o corpo da vítima não foi encontrado pelos vizinhos, mas havia a suspeita de que ela tinha sido agredida.

Durante a revista, dentro de um dos quartos da quitinete, que fica aos fundos, a PM encontrou o corpo da mulher com queimaduras na cabeça e nos ombros, em cima de uma cama.

Com informações do NSC Total

Notícias Relacionadas

Homem fica preso nas ferragens após acidente com dois veículos na SC-108, em Criciúma

A colisão ocorreu entre dois veículos no Bairro São Simão por volta das 15h20 desta quarta-feira (11)

TRF4 manda afastar do cargo prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, preso na Operação Chabu

Determinação é que fique 30 dias fora das funções e não faça contato com demais suspeitos de envolvimento na operação. PF investiga a violação de sigilo de operações policiais

Estado indenizará cidadão equivocadamente anunciado como preso em nota de rede social em Sombrio

O Estado de Santa Catarina foi condenado a indenizar o homem, por danos morais, em R$ 5 mil

Polícia Civil indicia e prende homem suspeito de realizar dois roubos armados em Criciúma

Os crimes investigados ocorreram no fim de janeiro deste ano, ambos no bairro Jardim Maristela