Segurança

Suspeitos de matar chapeiro são presos pela Polícia Civil em Tubarão

Ambos têm antecedentes criminais e um deles estava de saída temporária e já foi condenado por tentativa de latrocínio.

Foto: Polícia Civil

Dois homens, de 19 e 25 anos, foram presos suspeitos pela morte do chapeiro Marcos Mota, no dia 11 de agosto deste ano, em Tubarão. O crime foi praticado durante o intervalo de trabalho da vítima, na Guarda Margem Esquerda.

A prisão aconteceu durante uma operação realizada pelas guarnições de Tubarão, Capivari de Baixo, Braço do Norte, Gravatal e Jaguaruna, além do Saer e do Núcleo de Operações com Cães de Criciúma e Florianópolis. Os mandados de busca e apreensão e de prisão temporária foram cumpridos nesta segunda-feira, dia 30, no mesmo bairro do crime.

Com o suspeito de 25 anos, a polícia apreendeu 144 pedras de crack e três porções de maconha. Após as diligências, os suspeitos foram encaminhados ao presídio. Segundo a polícia, ambos têm antecedentes criminais. Conforme informações do Jornal Diário do Sul, o mais velho estava de saída temporária e já foi condenado por tentativa de latrocínio. O caso segue sendo investigado para apurar a participação de mais pessoas no crime.

Na ocasião, a vítima foi encontrada já sem vida e com uma perfuração de arma de fogo. Um suspeito chegou a ser visto pelos agentes fugindo do local do crime, mas conseguiu escapar.

Notícias Relacionadas

Sentença de pronúncia levará para júri casal acusado por homicídio cometido com espada em Orleans

Segundo os autos, os crimes aconteceram em março deste ano, no bairro Rio das Furnas

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito

Revólver, munições e droga são encontrados durante blitz realizada pela PMRv de Içara