Poder Legislativo

Tarifa de energia elétrica é contestada por vereador de Siderópolis

Segundo Peninha, além de retirar a cobrança indevida da tarifa de energia, o objetivo é que os consumidores sejam ressarcidos.

Foto: Divulgação

A tarifa de energia elétrica cobrada em Siderópolis está sendo questionada pelo vereador Clademir Manoel de Souza, o Peninha.

Na sessão da Câmara Municipal de Vereadores realizada nesta semana, o parlamentar entrou com dois Requerimentos. Um dos documentos encaminha expediente ao Ministério Público de Santa Catarina (Defesa do Consumidor), e outro encaminha expediente ao Secretário de Estado da Fazenda de Santa Catarina, Paulo Eli.

O vereador busca informações acerca da possibilidade de retirada dos componentes de tarifa “Transmissão e Serviço de Distribuição” que incidem no Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nas tarifas de energia elétrica, bem como a devolução dos valores cobrados de forma indevida. “O Governo do Estado cobra mais do que deveria pelo ICMS que incide na conta de luz. A conta de transmissão e serviço de distribuição de energia elétrica não deve ser paga pelo consumidor”, disse.

Segundo Peninha, além de retirar a cobrança indevida da tarifa de energia, o objetivo é que os consumidores sejam ressarcidos. “Deverá ser feita a devolução, para a população, de valores dos últimos cincos anos da cobrança indevida”, ressalta.

Colaboração: Vanessa Nórdio – Assessora de Comunicação

Notícias Relacionadas

Conselhos Municipais e fim de recesso parlamentar marcam sessão da Câmara de Vereadores de Cocal do Sul

Sessão desta terça-feira (10), contou ainda com a votação e aprovação de cinco indicações e três requerimentos de interesse da população sulcocalense.

Caminhoneiro de Siderópolis morre eletrocutado após caçamba encostar em rede elétrica

Acidente aconteceu em uma via lateral, às margens da BR-290, no Rio Grande do Sul. Fábio Carminatti de 37 anos morreu no local.

OS Criciúma está concorrendo em concurso nacional de Boas Práticas

Concurso reúne vários Observatórios Sociais do Brasil e cada um concorre com alguma boa prática executada.

Reunião discute medidas para reduzir filas nas agências bancárias, em Içara