Geral

Temperaturas caem em SC e mínimas ficam abaixo de 10°C

O sol aparece em alguns momentos do dia, mas o predomínio é de tempo nublado nesta terça-feira, segundo a previsão da Central NSC de Meteorologia.

Frio (Foto Mycchel Hudsonn Legnaghi São Joaquim Online)

Foto: Mycchel Hudsonn Legnaghi / São Joaquim Online

A terça-feira (14) começou gelada em cidades de Santa Catarina. As temperaturas mínimas no estado foram registradas nas regiões da Serra e do Oeste catarinense. O sol até aparece em alguns momentos do dia, mas o predomínio é de tempo nublado, segundo a Central NSC de Meteorologia.

As nuvens voltam a predominar em todas as regiões, sobretudo no Oeste onde a previsão é de nebulosidade. Nas outras regiões, a influência da umidade do mar ainda mantém a chance de chuva passageira, sobretudo entre a tarde e a noite.

Conforme a Epari/Ciram, órgão que monitora as condições climáticas no estado, no Litoral e Vale do Itajaí, há condição de chuva fraca especialmente na madrugada, início da manhã e a noite, devido à circulação marítima.

A umidade oceânica ocorre por causa da presença de um ar frio, que acaba influenciando também nas temperaturas. Por volta das 6h20, em Urupema, na Serra, foi registrado 7°C, e a máxima pode chegar até 20°C na região. Ao longo da tarde, as temperaturas sobem um pouco, principalmente no Norte e Vale do Itajaí.

Confira as mínimas da manhã em SC

Urupema: 7°C
Bom Jardim da Serra: 8°C
Água Doce: 8°C
São Joaquim: 9°C
Caçador: 10°C
Abelardo Luz: 10°C

Com informações do site G1/SC

Notícias Relacionadas

Campanha Inverno Jovem Solidário arrecada doações, em Orleans

Interessados podem doar roupas, sapatos, cobertores, alimentos etc. Ação é promovida pelo Setor da Juventude da Paróquia Santa Otília.

Sexta-feira tem sol em SC; tempo muda no fim de semana

Sábado deve ter chuva em algumas regiões. No domingo, chega uma massa de ar frio.

Com temperatura negativa, Serra tem até ‘boneco de geada’

Governador anuncia extinção da Secretaria de Turismo Cultura e Esporte

Eduardo Pinho Moreira (MDB) não confirmou data de fim da pasta. Tendência é que órgão seja absorvido pelo gabinete do governador, informou assessoria.