Saúde

Terapia ao ar livre auxilia na recuperação de pacientes do Hospital Unimed Criciúma

Projeto permite o acesso à natureza e o contato com a terra e as plantas.

Foto: Divulgação

O Hospital Unimed Criciúma possui o projeto “Terapia ao Ar livre”, onde os pacientes de longa permanência são convidados a passear na área externa hospitalar e ter contato com a natureza. Num ambiente agradável e tranquilo, eles podem apreciar o lago, os peixes, a arborização e o som dos pássaros.

A terapia também possibilita o paciente a relaxar. Além do ambiente receptivo, o hospital conta com uma horta suspensa. Os pacientes têm livre acesso para mexer com as mãos na terra e regar as plantas. “Conseguimos observar uma melhora significativa no quadro clínico do paciente que participa do projeto. Essa saída em ambiente livre e em meio a natureza faz com que eles tenham força de vontade para melhorar seu quadro clínico”, diz o fisioterapeuta, Moises Moraes Antunes. “O projeto oferece um ambiente acolhedor, muitas vezes semelhante a sua rotina e seu lar. O que possibilita um tratamento humanizado e a conquista da confiança do paciente”, acrescenta.

A Terapia ao Ar Livre foi idealizada pela Fisioterapia e ganhou apoio de toda equipe multiprofissional, como psicólogos, nutricionistas, enfermeiros e técnicos de enfermagem, assistente social, fonoaudióloga, médicos e serviço de Hotelaria. “Esse contato com a natureza faz sentirem-se melhores em relação ao momento que passam. Tira do paciente o foco na doença e o coloca a pensar na saúde em recuperação”, avalia a psicóloga, Denise Aguiar.

Participação da equipe multidisciplinar

Toda a equipe multiprofissional do Hospital Unimed Criciúma está engajada neste projeto. Em reunião diária, procura-se definir os pacientes que podem ser beneficiados com a terapia e, logo então, traçadas as rotinas desta vivência humanizada.

“Nós, do serviço de Fisioterapia, conseguimos realizar o atendimento ao paciente com mais naturalidade; incentivando exercícios ativos, associados a atividades que proporcionam prazer em contato com a natureza. Damos como exemplo o regar das plantas, mexer na terra e, até mesmo, o caminhar ao ar livre”, cita a fisioterapeuta, Patrícia Damiani Patricio.

Colaboração: Multipla Comunicação 

Notícias Relacionadas

Estado anuncia R$ 8 milhões para recuperação de ruas de Criciúma que passam por obras da Casan

Em Criciúma o sistema de saneamento básico está sendo ampliado no Bairro São Luiz.

Novo heliponto de Criciúma irá auxiliar no transporte de pacientes e órgãos para transplantes

O projeto tem previsão para iniciar o funcionamento em 2025, e será um suporte para o principal hospital da cidade

Alto número de faltas em consultas e exames prejudica pacientes da saúde de Siderópolis

As ausências comprometem a capacidade de marcação de consultas de uma Unidade Básica de Saúde.

Setor de serviços de SC apresenta recuperação pelo terceiro mês e cresce acima da média nacional

A recuperação estadual ficou acima do crescimento nacional (2,6%) no volume de serviços em julho.