Segurança

Trabalhadores são resgatados em situação de escravidão no Oeste de SC

Polícia Civil recebeu a denúncia de duas vítimas que conseguiram fugir do local

Divulgaação

Treze trabalhadores eram mantidos em situação semelhante à escravidão em uma plantação de cebola, na região do aeroporto de Caçador, no Meio Oeste de Santa Catarina. Entre eles estavam dois adolescentes, uma delas grávida. A informação foi divulgada pela PC (Polícia Civil) de Caçador.

De acordo com os policiais, eles receberam a denúncia de duas vítimas que fugiram do local, durante a tarde de sexta-feira (28). Após ouvirem os relatos, eles se deslocaram até a área e constataram as péssimas condições do espaço, incluindo, questões sanitárias, de insalubridade, poucos alimentos e apenas um banheiro para todos os trabalhadores.

“Eles relataram que vieram de diversos Estados do país e que iriam trabalhar na colheita de cebola com a promessa de ganhar por produção. Além disso, teriam comida e alojamento sem custos adicionais. Porém, quando chegaram, passaram a ser cobrados pela alimentação e moradia, e por fim, estavam ganhando a metade do previsto”, explicou o delegado responsável, Renan Balbino Silva Araujo.

Foi constatado também que as pessoas eram submetidas a uma jornada exaustiva, “já que trabalhavam cerca de 11h diárias”, afirmou Araujo.

Por fim, os policiais deram voz de prisão em flagrante ao contratante, um empresário do ramo de cebola. Todos foram conduzidos para a Delegacia e ouvidos.

Com informações do TNSul

Notícias Relacionadas

Homem é encontrado morto com ferimento grave na cabeça na Serra catarinense

O caso foi repassado para ser investigado pela Polícia Civil; o corpo do homem foi recolhido para análises

Bebê é achada viva ao lado da mãe morta em acidente em SC: ‘se jogou nos braços’

Carro onde estava mãe e filha invadiu um potreiro e caiu em um córrego no bairro Universitário, em Maravilha

Justiça disciplina presença de crianças e adolescentes em jogos no estádio do Criciúma

Vacina contra a gripe já tem data para ser liberada para todos em SC; veja quando

Campanha de imunização começa a ser ampliada já nesta sexta-feira (27) para crianças de até 11 anos e trabalhadores da saúde em geral