Geral

Trabalho infantil e violência sexual serão abordados na Feira do Livro hoje

Cartilhas ilustrativas e informações serão prestadas à população das 9h às 17h.

Divulgação

Aqueles que passarem pela 14ª Feira do Livro, na Praça Nereu Ramos nesta quarta-feira (16), poderão receber informações sobre trabalho infantil e violência sexual. A ação, incorporada à programação da feira, será realizada das 9h às 17h e tem o objetivo de divulgar as ações dos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) e dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras).

“Na Feira do Livro o público é bem diverso, com a participação da comunidade escolar e da comunidade em geral. É um espaço em que vamos conseguir atingir pais, alunos, professores e todos que passarem pelo local”, disse a coordenadora da Proteção Social Especial, Fernanda de Oliveira Maia.

No período da manhã, as atividades serão de responsabilidade dos técnicos da Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação e, à tarde, dos técnicos dos Cras. Durante o evento, a população será orientada sobre como lidar em situações de violência e garantir o direito das crianças e dos adolescentes. Além disso, cartilhas ilustrativas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) serão distribuídas.

“É uma estratégia de oportunizar um acesso maior desse material para a comunidade e também divulgar e dar um pouco mais de visibilidade na política pública de Assistência Social”, explicou a coordenadora da Proteção Social Básica, Patrícia Vedana Marques.

Colaboração: Comunicação DECOM

Notícias Relacionadas

I Feira do Livro é oficialmente aberta em Orleans

2ª edição da Feira do Livro é aberta em Lauro Müller

O evento seguirá até o sábado (10) nas dependências do Salão de Festas da Igreja Matriz.

Pedágio educativo conscientiza sobre o combate ao trabalho infantil, em Treviso

Dados apontam que mais de 2 milhões de crianças e adolescentes trabalham irregularmente no Brasil.

2ª edição da Feira do Livro é encerrada com sucesso em Lauro Müller

Cerca de 1,9 mil alunos matriculados em 11 unidades escolares do município estiveram envolvidos diretamente na Feira.