Geral

Tragédia: jogador de futebol amador morre de infarto em Araranguá

Ramon da Costa, ex-jogador de Araranguá, Caravaggio e Metropolitano, passou mal em jogo de futebol com amigos e não resistiu

Foto: Divulgação

Uma tragédia assolou o futebol amador do Sul de Santa Catarina, neste sábado (6). O jogador Ramon da Costa, de 31 anos, que atuou pelo Araranguá, Caravaggio e Metropolitano, morreu após sofrer um infarto durante um jogo de futebol sintético com amigos em um campeonato local de Araranguá.

De acordo com informações dos colegas, ele havia treinado durante a tarde com o Araranguá Esporte Clube – AEC e depois participava de uma partida de futebol Suíço, com amigos, onde havia marcado um gol com quatro minutos de jogo, quando se sentiu mal e caiu em quadra. Ramon chegou a levantar, mas caiu de novo no gramado sintético. Ele foi socorrido pelos colegas e chegou a ser levado ao hospital de Araranguá pelo Samu e os Bombeiros, mas não resistiu.

Ramon começou nas categorias de base do Figueirense, mas foi afastado por problemas cardíacos. A partir daí, o jogador resolveu jogar futebol amador por considerar a atividade “mais leve”. Neste ano, o atacante jogou pelo Boa Vista no Campeonato Municipal de Futebol Amador de Criciúma.

Nas redes sociais, diversos atletas de futebol amador e profissionais de imprensa que acompanham os campeonatos no Sul Catarinense se pronunciaram com homenagens. Ainda não há mais informações sobre velório e cerimônia de funeral.

Com informações do Portal DNSul

Notícias Relacionadas

Governador anuncia extinção da Secretaria de Turismo Cultura e Esporte

Eduardo Pinho Moreira (MDB) não confirmou data de fim da pasta. Tendência é que órgão seja absorvido pelo gabinete do governador, informou assessoria.

Empresas de Lauro Müller garantem doação de 100 kits de uniformes esportivos

Assembleia Legislativa homenageia os 55 anos do Rui Barbosa

A sessão solene aconteceu na noite desta segunda-feira (09) no Salão Paroquial de Morro da Fumaça, cidade sede do tradicional clube de futebol amador de Santa Catarina.

Psicólogo atenderá família em luto, em Braço do Norte