Segurança

Três residências são furtadas na região de Tubarão

As ocorrências foram registradas neste domingo (22) pela Polícia Militar.

Divulgação

Neste domingo (22) a Polícia Militar registrou três ocorrências de furtos, sendo duas em Tubarão e uma no município de Sangão. O primeiro registro foi feito as 15h30 no Bairro Oficinas, em Tubarão.

O morador da casa informou a polícia que havia saído por volta das 11h e retornou as 15h30. Quando voltou viu a porta arrombada e sentiu falta de alguns objetos. Foram furtados uma televisão de 55 polegadas e uma televisão 32 polegadas, um celular moto G4 cor preta, aproximadamente 140 peças de roupas no valor aproximado de R$ 6.000.

A segunda ocorrência foi registrada por volta das 18h15, no Bairro Vila Moema, em Tubarão. A vítima relatou que chegou na residência da sua mãe, quando viu que a porta dos fundos estava arrombada. Foram furtados uma TV de 42 polegadas e algumas joias de ouro.

A última ocorrência foi registrada as 22h30 no Centro de Sangão. A vítima disse que chegou em casa e a porta estava arrombada. Foram levados da residência duas TVs, um DVR e uma caixa com joias de ouro.

A Polícia Militar ainda não localizou os suspeitos.

Notícias Relacionadas

Apoio ao candidato Vitorassi para eleição da Coorsel se intensifica durante reuniões com associados

Na noite de hoje (16), às 19h30min, os associados da comunidade de São Gabriel são convidados a participarem do encontro com os candidatos, em Treze de Maio.

PRF prende quadrilha especializada em furto de roupas em shopping centers na região de Tubarão

Os suspeitos confessaram que furtaram as roupas de lojas da região no final de semana e estavam indo vender as roupas em Tubarão.

Três pessoas são presas em Tubarão ao pedir doações para entidade que não existe

Os suspeitos foram presos por estelionato na tarde desta segunda-feira (23)

Tribunal de Justiça autoriza prefeitura a retomar obras da passarela em frente à Unisul, em Tubarão

Iniciada em fevereiro, a construção da passarela precisou ser interrompida por alguns dias ainda no primeiro semestre por conta da ação judicial de uma empresa inabilitada no processo de licitação.