Clima

Treze casas foram destelhadas após as fortes chuvas em Laguna

Após as fortes chuvas e ventos que atingiram a região nesta segunda-feira (11), a Defesa Civil do município emitiu em relatório preliminar com números de atendimentos. Segundo o coordenador de Defesa Civil de Laguna, Jackson Barbosa Siqueira, foram registrados vários pontos de alagamentos no Centro, Vila Vitória, Portinho, Progresso e Mar Grosso. "Tivemos dez residências destelhadas na Ponta das Pedras e três na Vila Vitória. Felizmente nenhum desabrigado", destacou ele.

O órgão já está providenciando cordas, lonas e telhas para as famílias atingidas. Doze casos de residências alagadas foram registradas ainda na Vila Vitória. Algumas salas da escola Armando Calil Bulos, na comunidade do Estreito, também ficaram alagadas.

O muro do colégio Ceal, no centro, e da Estação de Tratamento de Esgoto, que está sendo construída na Vila Vitória, desmoronou. Devido aos fortes ventos, parte do prédio da Apae, no Mar Grosso, foi destelhado. As aulas foram suspensas nesta terça e quarta-feira.

A Secretaria de Obras atuará nas melhorias em estradas de chão batido, danificadas pelas chuvas.

De acordo com a Epagri/Ciram, os ventos mais fortes da região foram registrados em Laguna,114 km/h e choveu 111 milímetros no centro da cidade. O período de chuva mais intenso foi registrado entre as 13 e 17 horas.

Números do Corpo de Bombeiros:

A guarnição do Corpo de Bombeiros de Laguna teve um total de seis ocorrências atendidas durante as 24 horas de serviço nessa segunda feira,11.

15h09min: Uma equipe de resgate deslocou-se até o bairro Mar Grosso, nas proximidades da rua Toledo Pizza, onde foi constatado que os fortes ventos desprenderam as telhas de uma residência. A mesma foi coberta por lonas e deixado sob responsabilidade do proprietário.

15h26min: Na Ponta das Pedras, uma residência foi destelhada devido ao forte vento.

16h55min: Na SC-436, nas proximidades do Portal Turístico, uma mulher de 55 anos, teria capotado seu veículo. Chegando ao local, foi encontrada a vítima consciente e orientada. A mesma não quis ser conduzida ao hospital.

17h33min: Socorristas se deslocaram para o bairro Portinho, onde uma mulher teria sofrido uma queda de aproximadamente 4 metros. Foi efetuado o primeiro atendimento no local e conduzida para o hospital de Laguna.

17h41min: Uma equipe deslocou-se até a APAE, no bairro Mar Grosso, onde uma parte do telhado havia sido destruído.

17h50min: Uma árvore caiu sobre uma residência de madeira, na rua José Calazans. Chegando no local foi feito o corte da árvore e a retirada da mesma, sendo que a residência ficou com a estrutura em risco.

Uma embarcação com três tripulantes desapareceu ontem durante a tempestade, próximo a Ilha dos Lobos, em Laguna.
Um dos tripulantes foi encontrado com vida na praia de Itapirubá. Ele conseguiu chegar até a costa com uma boia.

Outro homem também foi encontrado nesta terça-feira pela manhã, em Itapirubá, lado sul, sem vida.
Um dos tripulantes continuava desaparecido até o meio dia desta terça.
O Corpo de Bombeiros realiza buscas no local com helicóptero Arcanjo.

Previsão do tempo: (Fonte: Epagri/Ciram).

Terça-feira (12/05): No Litoral e áreas próximas, nebulosidade variável com pancadas de chuva que alternam com períodos de melhoria, por influência de um ciclone extratropical em deslocamento para o oceano. No decorrer do dia, o sol aparece em boa parte do Estado. Temperatura em declínio, mais acentuado a partir da noite. Vento de sul a sudeste, moderado com rajadas mais intensas no Litoral de 50 a 60 km/h.

Quarta-feira (13/05): Nevoeiros ao amanhecer e sol com algumas nuvens em SC. No Litoral há chance de chuva fraca, especialmente no início do dia e período noturno, devido à circulação marítima.  Temperatura mais baixa, com chance de geada fraca na serra ao amanhecer. Durante o dia, temperatura em elevação. Vento de sudeste a leste, fraco a moderado.

Quinta e sexta-feira (14 e 15/05): Sol com algumas nuvens em SC. Na Grande Florianópolis e no Litoral Norte há chance de chuva fraca, especialmente no início do dia e período noturno, devido à circulação marítima. Temperatura mais baixa até o amanhecer de quinta-feira, com chance de geada fraca na serra. Depois disso, temperatura em elevação. Vento de leste a nordeste, fraco a moderado com rajadas.

Vento sul mantém mar agitado com ressaca no litoral de SC

O mar continua agitado entre esta terça-feira e a próxima quinta-feira (11 a 14/05), devido ao vento persistente de sul. A baixa pressão intensa formou um ciclone extratropical no oceano que, a partir desta terça-feira, se afasta para leste em frente ao litoral de SC e norte do RS, deve manter o vento de sul e sudeste com intensidade moderada e mantem o mar agitado com picos de onda entre 3,0 m e 4,5 m (mar muito agitado a grosso). Os picos mais altos devem ocorrer na terça e quarta-feira.

Atenção para ressaca: O vento de sul, com menos intensidade que na madrugada de terça-feira, permanece com intensidade moderada e rajadas entre 50 e 60km/h na área oceânica e mar muito agitado mantém o risco de ressaca para áreas de costa em SC nesta terça-feira e na quarta-feira.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Laguna

  • 9d5a11ef35d39c03370373c5f4f116fc
  • 033db077e38780ed54cf91183d3bd5d7
  • dea97a9277b7e7c4454fb3366d0929bf