Geral

Tribunal e Vereadores aprovam contas de Orleans por unanimidade e sem restrições

Tribunal de contas recomendou aprovação sem restrições e vereadores confirmaram que o município está no caminho certo.

Divulgação

Na Sessão Ordinária realizada na sessão da segunda-feira 27, os vereadores de Orleans aprovaram por unanimidade as Contas do da prefeitura de Orleans, as quais, de acordo com o parecer do Tribunal de Contas de Santa Catarina opinou pela aprovação da administração municipal referente ao exercício de 2017.

Durante análise da prestação de contas pelos vereadores ficou constatado o compromisso da administração municipal, com obras e ações que dão qualidade de vida para as pessoas fazendo de Orleans um município diferenciado na região. A lei preconiza que seja gasto o orçamento com saúde, educação, infraestrutura, social cultura e mais departamentos e secretarias. O Vice prefeito Mário Coan entende que a gestão quando tem suas contas aprovadas por unanimidade “é um sinal que o que está sendo feito é correto e justo”, destacou.

Para o prefeito Jorge Koch, a aprovação das contas por unanimidade é o reflexo do trabalho compromissado de toda a equipe que sempre se manteve comprometida com a responsabilidade fiscal. “Orleans é exemplo de transparência na gestão e desde o início da nossa gestão implementamos o portal da transparência, disponibilizando informações referentes a receita, aos gastos públicos, aos contratos e ao pessoal. A aprovação das contas é mais uma prova que estamos no caminho certo”, afirmou entusiasmado.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Orleans

Notícias Relacionadas

Levantamento mostra que 45% dos beneficiários do PIS/PASEP vão usar dinheiro extra para pagar dívidas em atraso

Para SPC Brasil, medida é importante para que o cidadão consiga sanar pendências e recuperar crédito no mercado. Cerca de14% dos brasileiros ainda não sabem se têm direito ao benefício

Por unanimidade, Sexta Turma do STJ decide soltar Temer e coronel Lima

Ele está preso preventivamente desde 9 de maio em São Paulo, no âmbito da Operação Lava Jato

Em duas sessões no mesmo dia, vereadores de Orleans discutem sobre a Rua Albina Feltrin Bussolo

Vereadores ainda aprovaram o envio de Moção de Repúdio ao Governador Carlos Moisés por causa do corte de incentivos fiscais aos defensivos agrícolas.

Câmara de Vereadores sugere aulas para jovens e adultos sem estudos em Cocal do Sul

Outras três indicações foram votadas e aprovadas. Na próxima segunda (22), tem sessão extraordinária para votação das diretrizes da Lei Orçamentária de 2019.