Geral

Tubarão é Mais: Movimento pela retomada econômica dos pequenos negócios segue com ações em 2021

Tendo em vista que os pequenos negócios são os que mais sentem os efeitos do Coronavírus, o projeto abrange vários segmentos econômicos da Cidade Azul.

Divulgação

Criado com o objetivo de alavancar a retomada econômica de micro e pequenos empreendimentos afetados pela pandemia, o Movimento Tubarão é Mais foi lançado no ano passado e segue com diversas ações em 2021. Tendo em vista que os pequenos negócios são os que mais sentem os efeitos do Coronavírus, o projeto abrange vários segmentos econômicos da Cidade Azul.

Idealizado pela Administração Municipal e o Sebrae/SC, o Tubarão é Mais está dando sequência, neste ano, principalmente aos projetos ligados ao setor de comércio varejista, sobretudo do bairro Oficinas, onde é planejada a construção do place branding do bairro.

O termo em Inglês se refere à estratégia de desenvolver a identidade de um local, ou seja, transformar um lugar em uma marca – nesse caso, fazer do bairro Oficinas um ponto no mapa interessante para ser conhecido e visitado. Para que isso aconteça, são necessárias diversas ações a curto, médio e longo prazo.

Esse é um dos objetivos do Tubarão é Mais, auxiliar os pequenos empreendedores e, consequentemente, melhorar o ambiente de negócios na Cidade Azul, como explica a analista de negócios do Sebrae/SC, Renata Goulart.

“Quando os pequenos negócios se desenvolvem, eles promovem o desenvolvimento do município como um todo, por isso a importância de criar iniciativas em apoio aos empreendedores, ainda mais nesse momento delicado para eles”, pontua.

O prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, ressalta que o Município tem mantido um diálogo próximo e aberto com o setor produtivo desde o início da pandemia. “Sabemos da dificuldade de muitos setores, mas os pequenos empreendimentos acabam sentindo mais. Por isso investimos nessas soluções, a exemplo do que temos feito nos últimos quatro anos. Estou especialmente entusiasmado com o projeto do bairro Oficinas, será mais uma entrega para este importante e histórico bairro da nossa cidade”, enaltece o chefe do Executivo Municipal.

O que já foi feito

Conforme a analista, foram realizadas diversas ações e aplicadas várias soluções junto aos pequenos negócios de diferentes setores econômicos em 2020, como consultorias em gestão, capacitações coletivas por segmento, curadorias, realização do I Festival Gastronômico de Tubarão, mentorias, workshops on-line, entre outras.

“Dessa forma, foram atendidos artesãos, negócios ligados ao trade turístico, restaurantes, produtores rurais, comerciantes (quase 40 empresas de Oficinas e outras 14 do Centro), startups em fase inicial, além de mais de 90 Microempreendedores Individuais através da segunda edição do Acelera MEI – Programa de Aceleração do Crescimento para o MEI de Tubarão”, destaca Renata.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação da Cidade Azul, Giovani Bernardo, afirma que a avaliação por parte dos empreendedores já é bastante positiva.

“O retorno que recebemos dos empresários das ações já executadas e em execução está muito positivo. Nosso papel é fomentar a cultura do empreendedorismo e da inovação e o Tubarão é Mais tem nos ajudado a cumprir esse propósito. Com entregas ainda em curso, acredito que, ao final, o impacto destas ações será sentido, não somente para o momento imediatamente pós pandemia, mas para todo o futuro da cidade”, finaliza Giovani.

Diversos segmentos

O Tubarão é Mais é voltado para os segmentos de Agricultura (produtores rurais e empreendimentos da agricultura familiar), Artesanato (negócios de produção artesanal), Comércio Varejista de Oficinas e do Centro, Gastronomia (empreendimentos de alimentação fora do lar, como restaurantes), Inovação (startups em fase inicial) e Turismo (negócios do trade turístico, como hotéis, pousadas, guias e equipamentos turísticos), além de Microempreendedores Individuais (MEIs), micro e pequenas empresas e empreendedores individuais de forma geral.

O projeto conta com a parceria da Associação Empresarial de Tubarão (Acit); Associação das Micro e Pequenas Empresas e dos Empreendedores Individuais de Tubarão (Ampe); Associação de Hotéis, Bares e Restaurantes da Amurel (Ahbra); Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Tubarão; Núcleo de Dirigentes Lojistas (NDL) de Oficinas; Casa do Microcrédito; Cooperativa dos Agricultores Familiares de Tubarão e Região (Cooperazul); FORMUS movelaria + arte; e Sindicato dos Contabilistas de Tubarão e Região (Sindicont).

Notícias Relacionadas

Estudantes do Terceirão do Colégio Unibave realizam venda de doces para arrecadar dinheiro para a formatura

As vendas estão sendo realizadas por meio do perfil @terceirao21unibave no Instagram. Os interessados em contribuir podem seguir e realizar um pedido.

Primeira edição do “Mutirão de limpeza nos bairros” será neste sábado em Orleans

O projeto será iniciado pelo bairro Coloninha. Os moradores poderão aproveitar para retirar de suas casas os materiais que não usam mais.

Corpo de Bombeiros realizará Curso Básico de Atendimento a Emergências on-line

Inscrições para o curso, que é gratuito, estarão abertas a partir de 1º de junho.

Estão abertas as inscrições para rainha e princesas da Cocalfest

Devido à pandemia, a escolha da corte acontecerá de forma on-line no dia 7 de julho; inscrições estarão abertas até o dia 2 de junho