Trânsito

Uber começa a cadastrar motoristas em Criciúma

Uber

Foto: Divulgação

A multinacional de transporte particular Uber está chegando a Criciúma. O aplicativo, desenvolvido nos Estados Unidos, causou polêmica ao alcançar o mercado do Brasil, ocasionando conflitos entre seus motoristas e os taxistas tradicionais em diversos centros. Em Santa Catarina, o serviço já opera em Florianópolis, Joinville, Blumenau, Balneário Camboriú e Itajaí.

“É uma boa para quem tem carro e está desempregado ou quer fazer uma renda extra”, explica o profissional de marketing Jonathan Corrêa Becker, parceiro Uber em Criciúma e que abriu, em nome da empresa, os cadastros para interessados da cidade, de Tubarão e outros municípios vizinhos.

Os critérios para ser Uber

Para ser motorista Uber é necessário possuir CNH com observação para exercer atividade remunerada, Seguro APP (para acidentes com passageiros), checagem de antecedentes, veículo em bom estado (ano 2010 em diante) com quatro portas e ar condicionado e celular iPhone 4s (ou mais recente) ou Android 2013 ou mais recente.

“Não precisa de experiência prévia nem de maiores investimentos. Fui a São Paulo, usei várias vezes o serviço e aprovei. É excelente e de baixo custo em relação aos táxis”, informa Jonathan. Ainda não há legislação local em Criciúma ou na região para o Uber, mas o parceiro não projeta problemas. “Em Florianópolis, houve alguns conflitos mas depois os taxistas compreenderam que é uma modernidade que chegou para ficar”, comenta.

Os cadastros estão começando hoje e a expectativa é que em duas semanas ou no máximo um mês o serviço já estava disponível para os criciumenses.

Como se calcula a corrida

As corridas são calculadas com base em distância, tempo e demanda. “Pode ser pago com cartão cadastrado pelo aplicativo, e a tarifa é dinâmica. Ou seja, se tem duas vezes mais demanda que motoristas disponíveis, a tarifa é multiplicada por dois”, refere Jonathan.

Ele cita o exemplo da saída de um show em São Paulo nesse fim de semana. “A tarifa foi para 4,5 assim que o show terminou, pois havia mais de 80 mil pessoas no Allianz Parque. Daí, o usuário pode decidir pagar mais ou optar por outro serviço”, conta. O aplicativo fica com 25% do arrecadado nas corridas.

Há, também, rigor no controle de qualidade do serviço prestado. “Se o motorista baixar a média de avaliação, ele é excluído do aplicativo”, relata. Não há limite de número de cadastros por cidade. Os interessados em mais informações para Criciúma, Tubarão e região devem fazer contato pelo e-mail [email protected]

Com informações do Portal Engeplus

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Governo do Estado estabelece novas medidas para o transporte aquaviário e comércio de refeições nas rodovias

A comercialização de refeições pode ser feita por restaurantes localizados às margens das estradas e oferecida exclusivamente para profissionais de serviços considerados essenciais pelo Governo do Estado, incluindo nesta categoria os transportadores de carga responsáveis pelo abastecimento e transbordo de insumos da saúde.

Rever: aplicativo que contribui para a coleta seletiva já tem grande demanda de usuários em Criciúma

Plataforma digital auxilia nas denúncias de irregularidades e solicitações para coletas

Tribunal de Justiça nega recurso que pedia retorno de transporte coletivo municipal em Criciúma

O magistrado manteve a posição adotada pela 2ª Vara da Fazenda Pública da comarca de Criciúma

Coronavírus em SC: Aplicativo PMSC Cidadão ganha novas funções para ajudar no combate à pandemia

O aplicativo trará informações sobre o que pode ou não abrir nesse período de quarentena de acordo com as medidas do decreto do Governo do Estado.