Geral

UTIs na Amurel: prefeitos solicitam leitos e Governo do Estado confirma habilitação

Segundo o secretário de Estado da Saúde, André Ribeiro, estão garantidos dez leitos de UTI para a região.

Divulgação/Prefeitura de Braço do Norte

Boa notícia para os Municípios da Amurel: os prefeitos dos Municípios de Braço do Norte, Beto Kuerten Marcelino, Grão-Pará, Márcio Borba Blasius, e de Rio Fortuna, Lindomar Ballmann, estiveram com o secretário de Estado da Saúde, André Ribeiro, na manhã desta segunda-feira (20), em Florianópolis e de acordo com o mesmo estão garantidos dez leitos de UTI para a região.

Conforme Beto, o Estado confirmou a habilitação. “O que cabe aos hospitais é manifestar o interesse e, após o manifesto, o secretário garantiu a habilitação, que terá um custo de R$ 480 mil para 10 leitos. Além disso, caso haja necessidade de aporte financeiro, os Municípios de Braço do Norte, Grão-Pará e Rio Fortuna estão dispostos a novamente fazer a mobilização na Amurel para subsidiar”.

Beto comentou ainda que no retorno aos Municípios serão realizados os contatos com os hospitais da região como, por exemplo, o Santa Teresinha, de Braço do Norte para avaliar a viabilidade. Ato contínuo nesse momento tenta-se através de contrato direto com a rede privada a compra de mais leitos de UTI nos hospitais da região como o Socimed.

Notícias Relacionadas

UTIs na Amurel: Beto lança ideia de aquisição de leitos através do CIS-Amurel e prefeitos aprovam

Mesmo sendo obrigação do Governo do Estado a disponibilização de UTIs, a Amurel chamará a responsabilidade para ter mais um suporte no salvamento de vidas.

Tribunal de Justiça catarinense confirma pena para empresário que vendeu pipoca com rato dentro em Criciúma

Uma das vítimas, após ingerir a pipoca, teve intoxicação alimentar aguda causada por alimento contaminado.

Com aperfeiçoamento constante, Associação de Apicultores de Orleans é destaque em Santa Catarina

Governo do Estado amplia em quase 70% os investimentos e aplica R$ 18,8 milhões em conservação de rodovias em 2020

O repasse para conservação das SCs teve um salto de 69,4% no primeiro semestre de 2020, se comparado ao mesmo período do ano passado.