Saúde

Vacina contra a gripe já tem data para ser liberada para todos em SC; veja quando

Campanha de imunização começa a ser ampliada já nesta sexta-feira (27) para crianças de até 11 anos e trabalhadores da saúde em geral

Divulgação

A partir do dia 6 de junho, todos os municípios catarinenses que ainda tiverem doses de vacinas restantes da campanha de vacinação contra a gripe poderão aplicar o imunizante em toda a população do Estado, independente dos grupos prioritários.

A vacinação deve durar até acabarem os estoques nos postos de saúde, de acordo com orientações da DIVE (Diretoria de Vigilância Epidemiológica).

A SES (Secretaria De Estado da Saúde) orienta que a população procure informações sobre os locais e os horários de vacinação junto à Secretaria de Saúde do município em que reside. Aqueles que fazem parte dos grupos prioritários têm preferência até o dia 3 de junho.

“Após esta data, toda a população que desejar poderá tomar a dose. Portanto, fazemos um apelo para todas as pessoas que fazem parte do público-alvo para que procurem os postos até a próxima semana e se protejam contra a gripe”, enfatiza a gerente de imunização Ariele Fialho.

Ampliação de grupos prioritários

Já na reta final da campanha de vacinação contra a gripe, a SES decidiu por ampliar o público-alvo que pode receber o imunizante. A partir desta sexta (27), crianças de 5 a 11 anos, além de todos os profissionais que trabalham na área da saúde, podem receber as vacinas.

A decisão foi tomada por conta da grande quantidade de vacinas que ainda estão disponíveis nos municípios catarinenses, devido a baixa procura dos grupos prioritários, que podem continuar buscando pelos imunizantes nos postos de saúde municipais.

Faltando pouco mais de uma semana para o seu término, a cobertura vacinal alcançada na campanha, até este momento, está muito abaixo do esperado. Para a gripe, a cobertura é de apenas 45%, sendo que a meta a ser alcançada é de 90%.

Confira os grupos prioritários que fazem parte da campanha de vacinação

Idosos com 60 anos ou mais;
Trabalhadores da saúde em geral;
Crianças de 6 meses a menores de 12 anos;
Gestantes e puérperas (mães até 45 dias após o parto);
Indígenas;
Professores;
Pessoas com comorbidades;
Pessoas com deficiência permanente;
Caminhoneiros;
Trabalhadores do transporte coletivo;
Trabalhadores portuários;
Forças de segurança e salvamento e forças Armadas;
Funcionários do sistema prisional;
População privada de liberdade e adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.

Vacinação contra o sarampo

Após o fim da campanha nacional de imunização contra o sarampo, as doses restante seguem disponíveis para aplicações de rotina, de acordo com o Calendário Nacional de Vacinação. A primeira dose da vacina deve ser aplicada aos 12 meses de vida. A segunda, aos 15 meses.

Já as pessoas que não foram vacinadas ou não lembram se receberam a dose podem fazer a vacinação até os 59 anos de idade, sendo que aquelas com até 19 anos devem ter duas doses e de 20 a 59 anos apenas uma dose. Os grupos prioritários até o momento são:

Crianças entre 6 meses e 12 anos;
Trabalhadores da saúde em geral;

A cobertura vacinal do sarampo em Santa Catarina também está abaixo do esperado, informa a DIVE. O percentual, no momento, está em 33% (48% para os trabalhadores da saúde e 24% para as crianças), sendo que a meta é de 95%.

Por conta disso, a gerente de imunização da DIVE/SC, Arieli Fialho, reforça a importância da participação da população na campanha. “A vacina contra o sarampo, além de prevenir a doença, que também pode causar sérias complicações à saúde, permite interromper a circulação do vírus, minimizando o risco de surto”, explica.

Com informações do ND+

Notícias Relacionadas

Autor de roubo contra motorista de aplicativo em Criciúma é preso

Investigado pelo crime tem 23 anos

Suspeito de estuprar adolescente a caminho da escola é preso após vítima gritar por socorro em SC

Polícia Civil investiga o caso, que ocorreu em uma passarela de Joinville. Vítima tem 15 anos.

Frente fria muda paisagem em SC nesta terça-feira e traz risco de temporais e queda de granizo

Mudança no tempo começa na tarde desta terça-feira (28) e se estende até sexta-feira (1º); alteração começa nas regiões próximas à fronteira com o Rio Grande do Sul

Justiça nega pedido de novo exame de sanidade no acusado da chacina de Saudades

Fabiano Kipper Mai invadiu uma creche e matou três crianças e duas funcionárias, ele responde por 14 tentativas de homicídio