Saúde

Vacina contra Febre Amarela já está à disposição dos moradores de Siderópolis

Devem ser imunizadas todas as pessoas na faixa etária entre nove meses e 59 anos.

Foto: Divulgação

Já está disponível nas Unidades Básicas de Saúde de Siderópolis, a vacina contra a Febre Amarela. Devem ser imunizadas todas as pessoas na faixa etária entre nove meses e 59 anos. “A prevenção continua sendo a melhor saída para evitar problemas maiores. É importante que todos participem”, destacou o prefeito Hélio Cesa, o Alemão.

As pessoas que nunca receberam a vacina contra febre amarela, devem procurar a Unidade de Saúde mais próxima de sua residência com seu cartão de vacinação para ficar protegido. A Coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Siderópolis, Renata de Lorenzi Dagostin, aponta informações importantes sobre a vacinação.

“A vacina está indicada como Dose Única e não precisa refazer; pessoas com mais de 60 anos, gestantes e mulheres que amamentam que forem imunizadas, precisam ser avaliadas pelo serviço de saúde para identificar se possuem alguma contraindicação”, afirmou a coordenadora, que emendou: “a vacina é o único meio de prevenção contra a doença”.

Cuidados com mosquito transmissor

Mesmo com a imunização, a Secretaria de Saúde de Siderópolis ratifica a necessidade da manutenção dos cuidados com o mosquito transmissor da doença. “Manter os terrenos limpos e sem água parada continua sendo essencial para que não tenhamos focos do mosquito transmissor. Todos os cuidados que sempre tivemos devem ser mantidos. Vamos continuar com nossas campanhas”, afirmou a responsável pelo Programa da Dengue da Secretaria de Saúde de Siderópolis, Jaqueline Elias.

Febre Amarela

É uma doença infecciosa aguda, febril, causada por vírus que pode levar a morte em uma semana, se não for diagnosticada rapidamente. A transmissão é feita através da picada da fêmea do mosquito Aedes Aegypti, desde que o inseto esteja contaminado (após picar um ser humano com a doença). Esta é conhecida como febre amarela urbana. O segundo tipo e pela picada do mosquito Haemagogus. Este conhecido como febre amarela silvestre. Após a picada do mosquito a doença demora de três a seis dias para se manifestar. A única forma de evitar a febre amarela é por meio da vacinação e por meio de campanhas educativas com a população para evitar os criadouros dos vetores do vírus.

Sinais e Sintomas

Febre, Calafrios, Cefaléia, Dores musculares, Prostração, Náuseas, Vômitos.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Siderópolis 

Notícias Relacionadas

Morador tem bens e dinheiro furtados de casa em Orleans

Conforme a Polícia Militar, o crime ocorreu no intervalo de aproximadamente duas horas, entre a saída e o retorno dos moradores.

Dive-SC confirma quarta morte de macaco por febre amarela em SC em 2019

Bugio morreu em Jaraguá do Sul em junho. Macacos não transmitem a doença, mas indicam presença do vírus.

Vacinas contra febre amarela estarão disponíveis em parques de Criciúma

Ação ocorre no próximo domingo (7) e no dia 14 de julho. Doses serão para toda a comunidade.

Morte de macaco reforça alerta para vacinação contra febre amarela em Siderópolis

Para fazer a vacina não é preciso agendar, basta levar o cartão de vacinação em qualquer sala de vacina.