Saúde

Vacinação da gripe será antecipada em Santa Catarina devido ao aumento de casos

Estimativa é que 75 milhões de pessoas sejam imunizadas em todo o país

Foto: Divulgação

Devido ao aumento de casos de gripe no Brasil, o Ministério da Saúde divulgou nesta quinta-feira (29) que irá antecipar a vacinação contra a doença nas regiões Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul, incluindo Santa Catarina. Tradicionalmente realizada em todo o Brasil entre os meses de abril e maio, neste ano, a campanha inicia em 25 de março.

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) ainda não tem informações sobre quando as vacinas começam a ser aplicadas em Santa Catarina, nem sobre como funcionará a campanha no Estado, mas informa que está aguardando informações do Ministério da Saúde. Até esta sexta-feira (1º), Santa Catarina registrou 61 casos positivos para influenza, e quatro mortes.

A vacina utilizada é a trivalente, ou seja, apresenta três tipos de cepas em combinação, protegendo contra os principais vírus em circulação no Brasil. A imunização previne contra os vírus que geralmente começam a circular em maio, junho e julho, explica a secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente do Ministério da Saúde, Ethel Maciel.

— Mas desde o ano passado, estamos observando uma antecipação de circulação de vírus respiratórios em geral. Então, esse ano nós vamos antecipar a campanha para proteger a população, principalmente os idosos, as gestantes, os profissionais de saúde, da educação e todas as pessoas que são elegíveis, para que a gente possa estar com a população protegida antes do inverno — explica.

Veja quais os grupos prioritários para receber a vacina da gripe

Crianças de 6 meses a menores de 6 anos;
Crianças indígenas de 6 meses a menores de 9 anos;
Trabalhadores da Saúde;
Gestantes;
Puérperas;
Professores dos ensinos básico e superior;
Povos indígenas;
Idosos com 60 anos ou mais;
Pessoas em situação de rua;
Profissionais das forças de segurança e de salvamento;
Profissionais das Forças Armadas;
Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (independentemente da idade);
Pessoas com deficiência permanente;
Caminhoneiros;
Trabalhadores do transporte rodoviário coletivo (urbano e de longo curso);
Trabalhadores portuários;
Funcionários do sistema de privação de liberdade;
População privada de liberdade, além de adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas (entre 12 e 21 anos).
Vacinas começam a ser distribuídas dia 20
O Ministério da Saúde negociou a entrega antecipada das vacinas, que estão previstas para serem distribuídas a partir do dia 20 para as regiões Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul. No ano passado, o governo federal mudou a estratégia da campanha para a região Norte e já imunizou a população entre novembro e dezembro, atendendo às particularidades climáticas da região.

A estimativa é que 75 milhões de pessoas sejam imunizadas. A pasta informa ainda que a vacina influenza pode ser administrada na mesma ocasião de outros imunizantes do Calendário Nacional de Vacinação.

Com informações do NSC Total

Notícias Relacionadas

Homens invadem casa, amarram família e agridem morador em Balneário Rincão

Os criminosos levaram dinheiro, celulares, um carro e uma motocicleta.

Concursos em SC: 16 editais encerram inscrições esta semana; salários chegam a R$ 22 mil

Em Orleans, há 18 vagas de níveis alfabetizado, fundamental, médio e superior, e salário de até R$ 9.684,77.

Colisão seguida de capotamento é registrada na SC-108, em Urussanga

A condutora do veículo que capotou, de 20 anos, foi conduzida ao hospital; os outros dois ocupantes dos veículos envolvidos não se feriram.

Chuva deixa comunidade isolada e arrasta carro com pai e filha dentro, em Garopaba

O caso ocorreu quando o condutor da caminhonete tentou atravessar uma pequena ponte sobre o Rio Encantada próximo, próximo à cachoeira.