Saúde

Vacinação em SC: Governo inicia imunização de adolescentes e reforço em idosos

As doses separadas aos adolescentes também obedecerão à logística adotada até agora

Divulgação

O primeiro dia de setembro é também o primeiro dia da vacinação em Santa Catarina de adolescentes entre 12 e 17 anos, além do começo da aplicação da dose de reforço em idosos com 85 anos ou mais. O estado entra nesta nova fase após ter encaminhado aos municípios catarinenses doses suficientes para a conclusão do calendário vacinal da população adulta.

As doses separadas aos adolescentes também obedecerão à logística adotada até agora, encaminhando os imunizantes para as Unidades Descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVES). A vacinação dos jovens entre 12 e 17 anos já foi pactuada em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB). A previsão é de que 549.894 adolescentes sejam vacinados no mês de setembro, a depender do envio de doses pelo Ministério da Saúde.

Paralelamente à vacinação dos adolescentes, os idosos com esquema vacinal completo há mais de seis meses receberão uma dose de reforço. Os primeiros a receberem serão os que têm 85 anos ou mais. Esse complemento seguirá os critérios do Ministério da Saúde e da Anvisa para fortalecer a imunidade das faixas etárias com mais risco, diante do crescimento da circulação da variante Delta no país.

“Será uma proteção adicional. Essa etapa também vai englobar pessoas com alto grau de dificuldades no sistema imunológico, os imunossuprimidos”, destacou o secretário da Saúde, André Motta Ribeiro.

Um documento técnico da DIVE foi preparado para orientar os municípios sobre os procedimentos.

Notícias Relacionadas

Governador lança Programa Bolsa Estudante para combater a evasão escolar

O programa será instituído por Projeto de Lei (PL) que será encaminhado à Assembleia Legislativa.

São Ludgero vacina contra Covid-19 adolescentes com 13 anos

Acontece na Sala de Vacinas, localizada na ESF Margem Esquerda.

Mulheres Artesãs da Coopercocal retomam atividades presenciais

As atividades iniciaram na última semana, com capacidade reduzida, seguindo todos os protocolos de segurança.

CRAS de Orleans é invadido e tem TV, notebook, celular e caixas de som furtados

Quando chegou para trabalhar no local, servidora constatou que a janela estava aberta e que havia uma cadeira próxima a ela.