Saúde

Variante Ômicron já é predominante no Brasil, diz Ministério da Saúde

Nova cepa circula no país há pouco mais de 40 dias e é considerada mais contagiosa

Divulgação

A variante Ômicron da Covid-19, que circula há pouco mais de 40 dias no Brasil, já é a principal cepa infectante no país. A confirmação ocorreu nesta terça-feira (11). O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ao chegar à sede da pasta, em Brasília, foi categórico: “A variante Ômicron já é prevalente no Brasil.”

A cepa foi identificada pela primeira vez no país em 30 de novembro de 2021. A variante tem se mostrado mais contagiosa que as demais já registradas pelas autoridades sanitárias. Segundo a OMS, a Ômicron é mais resistente às vacinas disponíveis no mundo e se espalha mais rápido.

“Infelizmente, ela já é prevalente aqui no Brasil, nós estamos assistindo ao aumento de casos. E como em outros países que têm uma campanha forte como a nossa [de vacinação], a nossa expectativa é que não ocorra um impacto em hospitalização e óbitos”, frisou.

Com informações do Metrópoles

Notícias Relacionadas

Aplicativo ConecteSUS é restabelecido, diz Ministério da Saúde

Certificado de vacinação contra covid-19 ainda apresenta instabilidade

Saúde lança nova versão da caderneta de saúde para crianças

Novo modelo será enviado aos estados e municipios até março

Cachoeira é interditada por tempo indeterminado após queda que matou jovem em SC

Leticia Silva Budal, de 20 anos, morreu após cair aproximadamente 50 metros dentro da cachoeira

SC tem 20 vezes mais pacientes em tratamento contra Covid do que no Natal

Em 25 de dezembro, estado tinha 1.987 casos ativos contra 45.915 de sexta-feira. SC enfrenta filas nos postos de saúde e unidades fechadas por causa do afastamento de profissionais da área.