Geral

Veículos da Fontanella Transportes estão de acordo com o que prevê a legislação ambiental

Operação conjunta entre a PRF e o Ibama fiscalizou por volta de 50 veículos que estavam na filial de Criciúma e nenhuma irregularidade foi constatada.

Foto: Divulgação

Uma operação conjunta foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal e pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama nas dependências da filial e na oficina da Fontanella Transportes, em Criciúma, na última semana. Na oportunidade, os aproximadamente 50 veículos que estavam no pátio da oficina e na parte de logística da empresa foram fiscalizados. Eles estavam, em sua totalidade, de acordo com o que prevê a legislação ambiental.

Conforme o chefe de Fiscalização do Ibama em Santa Catarina, Leonardo Tomas, as maiores empresas do estado no setor de transporte são alvos de fiscalização para identificar se estão de fato fazendo uso do Arla, exigido por lei. O Arla é uma solução de ureia com elevada pureza colocada em um tanque dedicado no veículo, que converte os óxidos de nitrogênio (NOx) nocivos da exaustão do veículo a diesel em nitrogênio e vapor de água inofensivos, reduzindo consideravelmente as emissões de NOx.

“Instauramos a operação conjunta com a PRF com o objetivo de identificar fraudes referentes à utilização do Arla. A legislação prevê que a frota mais nova de veículos pesados utilize um percentual de Arla. Porém, muitas empresas evitam utilizar, pois é um custo a mais, mas isso aumenta a poluição. Quando encontramos empresas que estão dentro do exigido, consideramos de extrema importância, tanto para o meio ambiente quanto para a saúde humana, já que pode evitar a poluição e problemas respiratórios, por exemplo”, explicou.

Os agentes da PRF, por sua vez, fiscalizaram o computador de bordo para verificar se era utilizado um dispositivo eletrônico com o intuito de burlar a lei e rodar sem o Arla 32, mas nenhuma irregularidade foi encontrada. Também foi fiscalizado o tanque do reservatório de Arla, constatando que a concentração de ureia estava dentro do permitido, entre 30 e 35. Além disso, foi realizado o teste na água utilizada, que estava conforme a instrução do Inmetro. O diesel também estava regular, já que o utilizado é o S10, o específico para os veículos que utilizam o Arla 32.

O diretor de Logística e Transporte da Fontanella Transportes, Everton Fontanella, falou da satisfação com os resultados e com a preocupação da empresa com o meio ambiente. “Eu vejo essa fiscalização de uma forma muito positiva, pois isso vai fazer com que todos se enquadrem dentro da legislação ambiental. A Fontanella vem trabalhando com foco no respeito com o meio ambiente. Participamos de muitos programas voltados ao combate à poluição e à destinação correta de sólidos e de líquidos contaminantes, como óleos minerais, aditivos etc… Nos preocupamos muito com esta questão ambiental e viemos batendo na tecla da conscientização”, concluiu

Além disso, um rigoroso controle interno também é realizado. “A empresa, preocupada com o meio ambiente e com a boa utilização de todo o sistema, possui um criterioso controle de qualidade e utilização dos sistemas, efetuando em todos os caminhões, a cada chegada e saída de viagem, testes internos para certificar que nem o motorista e nem o setor de manutenção alteraram o sistema”, ressaltou Everton.

  • WhatsApp Image 2018-11-16 at 08.03.00
  • WhatsApp Image 2018-11-16 at 08.03.01
  • WhatsApp Image 2018-11-16 at 08.03.02
  • WhatsApp Image 2018-11-16 at 08.03.02 (1)
  • WhatsApp Image 2018-11-16 at 08.03.03

Notícias Relacionadas

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Procon autua posto de combustíveis por preço abusivo em Criciúma

Operação irá fiscalizar 40 estabelecimentos do município, três já foram autuados.

PRF prende foragido do sistema penal do RS com CNH falsa em Tubarão, na BR-101

Ele foi preso e encaminhado para a Polícia Federal de Criciúma.

PRF flagra caminhão com seis metros de carga para fora da carroceria na BR-101 em Maracajá

O M.Benz, com placas de Criciúma, transportava toras de madeira até Araranguá.