Poder Legislativo

Vereadores de Nova Veneza receberão autoridades italianas em Sessão Solene

Sessão Solene será realizada no dia 19 de novembro para comemorar a passagem da semana da República Italiana e o fortalecimento com Malo, cidade irmã de Nova Veneza.

Foto: Rafaela Trombin Maciel

Os vereadores da Casa Legislativa de Nova Veneza votaram e aprovaram duas indicações e três requerimentos, na noite desta terça-feira (26), durante a sessão ordinária. Um dos requerimentos aprovados pelos legisladores foi para a convocação de uma Sessão Solene a ser realizada no dia 19 de novembro para comemorar a passagem da Semana da República Italiana e pelo fortalecimento com Malo, cidade irmã de Nova Veneza.

A autoria do requerimento é do vereador Aroldo Frigo Junior (PSDB). “Nada mais justo que a gente receber a prefeita de Malo para ver de perto a realidade de Nova Veneza, ela que não pode estar presente em 2016, quando Nova Veneza reconheceu a cidade de Malo como irmã, através desta Casa. Estará com ela o vereador Maurizio Cogo e o conselheiro de Província de Vicenza, Roberto Sette”, relata.

Os outros dois requerimentos da sessão foram de autoria do vereador Carlos Eduardo Ghislandi (MDB), o Dado. Em um dos requerimentos, o vereador solicita a secretária de Cultura Esporte e Turismo do município, Susan Bortoluzzi Brogni que envie à Casa Legislativa a prestação de contas da 14ª Festa da Gastronomia Típica Italiana, realizada entre os dias 14 a 17 de junho, com o relatório dos valores individualizados por objeto de licitação.

“A gente quer entender melhor a festa, como foi o andamento. Nós tivemos uma melhora significativa com relação ao ano passado. Conversei pessoalmente com a Susan e com as demais pessoas envolvidas, inclusive com os vereadores e a gente realmente tem que elogiar a estrutura, programação e diversidade do cardápio. Sei que tivemos bastante coisas boas. Só quero fazer um comparativo e entender melhor como está sendo investido o dinheiro dos munícipes, por isso esse requerimento”, justificou.

O outro requerimento do legislador Carlos Eduardo Ghislandi tem o mesmo propósito, mas direcionado à Associação Neoveneziana de Turismo – ANET, em nome da presidente Franciele Mazzorana Zuchinalli. O vereador deseja que a Casa tenha acesso ao relatório fornecido pela Empresa QFAZ com relação ao faturamento total e individualizado por produtos vendidos durante a 14ª Festa da Gastronomia Típica Italiana, valores investidos e recebidos, tais como: receita de publicidade de patrocinadores, valores arrecadados pela Empresa QFAZ e outros valores que envolveram a realização da festa.

“Não estamos tentando esmiuçar certos pontos com a finalidade de prejudicar quem quer que seja. A gente quer na verdade fazer um raio x da festa para ver quais os pontos altos, os baixos, onde precisa ser melhorado. Acho justo e honesto por ser uma parceria Público-Privada que seja relatado para nós termos uma noção do que é investido nesta festa”, afirma.

O vereador Cesar Augusto Pasetto (PSDB) elucidou que não vê problema algum os vereadores aprovarem o requerimento de autoria do colega vereador Carlos Eduardo Ghislandi, mas reforça que os dados também estão no Portal da Transparência, disponível para acesso de todos. “Qualquer cidadão pode entrar no Portal da Transparência, lá constam todos os contratos, todas as licitações referentes a Festa da Gastronomia, tudo que foi gasto com dinheiro público por parte da municipalidade aparece ali no Portal da Transparência”, lembra.

O presidente da Câmara de Vereadores, Eloir Minatto (PSD), Biro Biro, recorda que, no ano passado, requerimentos solicitando prestação de contas sobre a festa também foram aprovados. “A pesar de estar no Portal da Transparência, é sempre importante uma prestação de contas à população. Tenho certeza que da mesma forma como foi feita no ano passado, este ano vamos receber a prestação de contas novamente, sem nenhum problema”, afirma.

Se tratando das indicações apresentadas no plenário, os vereadores Edgar Preis (PP) e Aroldo Frigo Junior foram os autores. Edgar Preis solicita a execução de reparos nas lajotas do calçamento da Rua Antônio Aléssio, localizada na comunidade de São Francisco, no interior de Nova Veneza. Conforme o legislador, o mencionado percurso encontra-se em péssimas condições de tráfego, inclusive danificando veículos que por lá transitam.

Já o vereador Aroldo Frigo Junior pede que seja providenciada a substituição do carimbo datado não oficial do ponto turístico gôndola, por um novo carimbo contendo a referência do município de Nova Veneza como a Capital Nacional da Gastronomia Típica Italiana. “Nós tínhamos a titularidade honorífica do estado de Santa Catarina como a Capital Catarinense da Gastronomia Típica Italiana, já que Nova Veneza a partir do dia 3 de junho passou a ser a Capital Nacional da Gastronomia Típica Italiana, que seja feita a substituição no carimbo datado não oficial, que custa aproximadamente 30 reais”, destaca. O mesmo vereador conta que já passaram mais de duas mil pessoas carimbando os passaportes na gôndola com o antigo carimbo.

Colaboração: Rafaela Trombin Maciel / Comunicação Câmara de Vereadores Nova Veneza

Notícias Relacionadas

Conselhos Municipais e fim de recesso parlamentar marcam sessão da Câmara de Vereadores de Cocal do Sul

Sessão desta terça-feira (10), contou ainda com a votação e aprovação de cinco indicações e três requerimentos de interesse da população sulcocalense.

OS Criciúma está concorrendo em concurso nacional de Boas Práticas

Concurso reúne vários Observatórios Sociais do Brasil e cada um concorre com alguma boa prática executada.

Reunião discute medidas para reduzir filas nas agências bancárias, em Içara

CASE e penitenciária: Governador garante projeto para pavimentação de acesso aos locais