Geral

Vereadores de Siderópolis tratam de problemas de abastecimento com a Casan

Parlamentares levaram à gerência, em Florianópolis, pautas que não estão contempladas no novo contrato com estatal e trazem prejuízos aos moradores.

Divulgação

Há quase dois meses agendado, o encontro entre os vereadores de Siderópolis e a diretora-presidente da Casan, Roberta Maas dos Anjos, para tratar dos constantes problemas de abastecimento na cidade aconteceu na tarde desta terça-feira (11), em Florianópolis, um dia após o prefeito Hélio Césa (MDB), renovar por mais 30 anos o contrato com a estatal.

Entretanto, na reunião em que esteve presente o presidente da Câmara, Roni Remor (PSB), o Lilo, acompanhado dos pares legisladores Valentin Antônio Maravai (PDT), o Pipi, Franqui Salvaro (PSB), Pedro Valcir de Souza (PP), o Sargento Valcir e Ademir Donadel (PP), foram discutidas pautas que não estão contempladas no novo contrato como a troca de adutores no São Defende, integração da rede de água em São Martinho e Santa Luzia, os reparos nas estradas após serviços da estatal e a exploração do entorno da Barragem para atrair o turismo.

Conforme o presidente do Legislativo, Lilo Remor, a conversa foi produtiva e rendeu encaminhamentos importantes. “Cobramos assuntos além dos previstos no novo contrato. Os 1700 metros de tubulação do São Defende até o Patrimônio, que vivem rompendo e trazendo constantes problemas de abastecimento, por exemplo, serão substituídos, estão na fase de licitação para a compra e até o final do ano garantiram que estará pronto. Cobramos também os reparos das estradas depois que passam com o serviço e estão avaliando a possibilidade de um consórcio com os municípios para que a Casan mesmo fique com esta responsabilidade”, destacou.

Em relação à integração à rede de água das comunidades de São Martinho e Santa Luzia, segundo Lilo, primeiro os engenheiros vão verificar por quais motivos a obra que tem origem no Alto Rio Maina está atrasada há mais de um ano e dar celeridade. “Para desenvolver o turismo na cidade e aproveitar melhor a Barragem para este viés, sugerimos a construção de mirantes de visitação no entorno e vão estudar a possibilidade”, salientou.

Os vereadores também alinhavaram a visita do Superintendente regional Sul-Serra da Casan, engenheiro Gilberto Benedet Júnior, à Câmara de Vereadores, para, em uso da Tribuna, fale sobre quais os serviços e investimentos estão previstos pela estatal no novo contrato com o município.

Colaboração: Comunicação Siderópolis 

Notícias Relacionadas

ALERTA: Período de seca pode comprometer consumo de água em Lauro Müller

A represa localizada em Rio Bonito, a qual abastece os setores de abrangência da companhia em Lauro Müller, está quase seca.

Casan oferece serviços complementares em obras de saneamento básico em Lauro Mülller

A empresa está ampliando a rede de esgoto no município além do que foi acordado em contrato

Cidades do Sul querem participação nos lucros da Casan

Os seis municípios, abastecidos pela barragem do Rio São Bento, podem formar um Consórcio para captação, tratamento e distribuição da água para região

Câmara de Vereadores sugere aulas para jovens e adultos sem estudos em Cocal do Sul

Outras três indicações foram votadas e aprovadas. Na próxima segunda (22), tem sessão extraordinária para votação das diretrizes da Lei Orçamentária de 2019.