Geral

Vereadores de Siderópolis tratam de problemas de abastecimento com a Casan

Parlamentares levaram à gerência, em Florianópolis, pautas que não estão contempladas no novo contrato com estatal e trazem prejuízos aos moradores.

Divulgação

Há quase dois meses agendado, o encontro entre os vereadores de Siderópolis e a diretora-presidente da Casan, Roberta Maas dos Anjos, para tratar dos constantes problemas de abastecimento na cidade aconteceu na tarde desta terça-feira (11), em Florianópolis, um dia após o prefeito Hélio Césa (MDB), renovar por mais 30 anos o contrato com a estatal.

Entretanto, na reunião em que esteve presente o presidente da Câmara, Roni Remor (PSB), o Lilo, acompanhado dos pares legisladores Valentin Antônio Maravai (PDT), o Pipi, Franqui Salvaro (PSB), Pedro Valcir de Souza (PP), o Sargento Valcir e Ademir Donadel (PP), foram discutidas pautas que não estão contempladas no novo contrato como a troca de adutores no São Defende, integração da rede de água em São Martinho e Santa Luzia, os reparos nas estradas após serviços da estatal e a exploração do entorno da Barragem para atrair o turismo.

Conforme o presidente do Legislativo, Lilo Remor, a conversa foi produtiva e rendeu encaminhamentos importantes. “Cobramos assuntos além dos previstos no novo contrato. Os 1700 metros de tubulação do São Defende até o Patrimônio, que vivem rompendo e trazendo constantes problemas de abastecimento, por exemplo, serão substituídos, estão na fase de licitação para a compra e até o final do ano garantiram que estará pronto. Cobramos também os reparos das estradas depois que passam com o serviço e estão avaliando a possibilidade de um consórcio com os municípios para que a Casan mesmo fique com esta responsabilidade”, destacou.

Em relação à integração à rede de água das comunidades de São Martinho e Santa Luzia, segundo Lilo, primeiro os engenheiros vão verificar por quais motivos a obra que tem origem no Alto Rio Maina está atrasada há mais de um ano e dar celeridade. “Para desenvolver o turismo na cidade e aproveitar melhor a Barragem para este viés, sugerimos a construção de mirantes de visitação no entorno e vão estudar a possibilidade”, salientou.

Os vereadores também alinhavaram a visita do Superintendente regional Sul-Serra da Casan, engenheiro Gilberto Benedet Júnior, à Câmara de Vereadores, para, em uso da Tribuna, fale sobre quais os serviços e investimentos estão previstos pela estatal no novo contrato com o município.

Colaboração: Comunicação Siderópolis 

Notícias Relacionadas

Centro de Convivência: Siderópolis terá novo espaço para receber crianças, jovens, adultos e idosos

O local receberá grupos que integram o serviço de convivência, que totalizam 326 pessoas, entre crianças, jovens, adultos e idosos.

ALERTA: Período de seca pode comprometer consumo de água em Lauro Müller

A represa localizada em Rio Bonito, a qual abastece os setores de abrangência da companhia em Lauro Müller, está quase seca.

Estado libera recursos para pavimentação da última etapa de acesso à Barragem do Rio São Bento, em Siderópolis

Para o prefeito Cesa, foram muitos anos de espera por essas duas obras no município.

Siderópolis assina na Agroponte Lei que institui o Vale Feira para servidores públicos municipais

Com investimento anual de R$ 120 mil, medida deve impulsionar ainda mais a Agricultura Familiar municipal