Trânsito

VÍDEOS: Moradores fecham rua em protesto que chama atenção para reivindicações em Orleans

Organizadores afirmam que pedidos são feitos há pelo menos dois anos; Administração Municipal afirma que reunião será realizada em 18 de maio.

Moradores fecham rua em protesto que chama atenção para reivindicações em Orleans

Foto: Ketully Beltrame / Sul in Foco

Os moradores das ruas Eurico Damásio e Thomaz Manoel Silveira, situadas no bairro Samuel Sandrini, em Orleans, se uniram em protesto que visou chamar atenção para suas reivindicações. Desde esta terça-feira, dia 11, eles fecham a rua entre 17h30min e 18h30min. O ato visa mostrar o descontentamento das aproximadamente 30 famílias que convivem diariamente com a poeira em um trecho de 700 metros.

A saúde dos moradores e a qualidade de vida, segundo eles, têm sido diretamente afetadas. Desde os problemas respiratórios até o simples fato de serem impedidos de abrir suas residências fazem parte de suas rotinas. Pessoas que moram no local há décadas já não suportam mais esta realidade. As ruas ficam a aproximadamente 1,5 quilômetro da área central.

Passam as eleições e são escolhidos os gestores municipais, mas a poeira em dias secos e a lama nos dias de chuva permanecem os assombrando. O horário escolhido para o protesto não foi em vão. Ele representa o momento em que há maior movimentação de veículos, tendo em vista que muitas pessoas optam por esta passagem visando fugir do congestionamento na SC-108.

Segundo eles, o primeiro abaixo-assinado pedindo a pavimentação foi protocolado há dois anos na Prefeitura de Orleans. Sem uma resposta e, tampouco, uma solução, há um mês, eles repetiram tal ação. Os organizadores do protesto afirmam que a Administração Municipal alega não ter recursos para a obra. Com isso, eles solicitaram, como medida paliativa e sem alto investimento, que a Rua Eurico Damásio (do vídeo acima) fosse transformada em mão única, a fim de diminuir o tráfego de veículos e, como consequência, a poeira gerada.

O grupo de moradores participou de reunião com o prefeito Jorge Koch no ato de entrega do abaixo-assinado. O prazo solicitado por ele, de 20 dias, encerrou segunda-feira, dia 10, culminando, dessa forma, no protesto. Vereadores também já estão cientes dos problemas, que foi levado à Casa Legislativa durante sessões ordinárias. Ao questionar na Comissão de Trânsito se o pedido seria atendido, os munícipes foram informados de que a solicitação sequer havia chegado ao conhecimento dos responsáveis. Outra reclamação por parte dos cidadãos orleanenses é a respeito do descaso com as ruas, que estão entre as mais antigas da cidade, sendo o primeiro acesso a Urussanga.

O que diz a Administração Municipal

O prefeito e vice-prefeito de Orleans, Jorge Koch e Mário Coan, respectivamente, foram procurados pela reportagem para se posicionar a respeito do assunto. Conforme o prefeito, a reunião da Comissão de Trânsito foi convocada para o dia 18 de maio, próxima terça-feira. “O intuito será deliberar este e outros 10 requerimentos de diversos assuntos. Somente a Comissão de Trânsito poderá deliberar sobre os problemas de trânsito da cidade”, afirmou Jorge Koch. “Após a reunião, podemos dar opinião”, declarou o vice-prefeito Mário Coan.

O vice-prefeito acrescentou ainda que, a partir de segunda-feira, dia 17, serão iniciadas as obras de saneamento e drenagem pluvial no local. “Além disso, refizemos a Adelaide Martins e Januário Mazon, o esgoto abaixo do Loteamento Martins, estamos preparando uma praça neste local, onde já estamos fazendo aterro e na sequência drenagem pluvial. Calçamento, drenagem e esgoto na Rua Recanto do Sábia em parceria com moradores. Logo, fizemos e estamos fazendo um grande conjunto de obras para aqueles moradores da região”, acrescentou.

Notícias Relacionadas

Estacionamento e obra parada são alvos de protesto em Laguna

I Feira do Livro é oficialmente aberta em Orleans

Prefeitura de Orleans lança Limpa Fila e deve fazer mais de 3 mil procedimentos até dezembro

Programa foi lançado pelo secretário de Saúde de Orleans, Fernando de Fáveri nesta quarta-feira (30). Programa deve acelerar consultas, exames e pequenas cirurgias no município.

Presidentes das ACIs do Extremo Sul se reúnem para Plenária da Facisc, em Orleans