Geral

Vindima Goethe 2019 registra aumento do número de turistas

Aumento do consumo de uvas e vinhos também foi registrado.

Foto: Divulgação

Atraído pela peculiaridade da uva Goethe, o empresário Fabio Cardoso veio de Florianópolis para conhecer e apreciar vinhos feitos com esta rara variedade durante o período de celebração da colheita. “É uma uva típica e única que, aliada a elementos da imigração italiana, criou um lugar maravilhoso nesta região. Visitei vinícolas, degustei os vinhos e participei de harmonizações espetaculares com sommelierè”, destaca o turista.

Ele foi um dos centenas de turistas que prestigiou as atrações da 11ª Vindima Goethe, que ocorreu de 18 a 20 de janeiro, em Urussanga. Vinícolas, restaurantes e rede hoteleira registraram aumento do fluxo de turistas. “Estamos satisfeitos e percebemos que a procura pela uva e vinho Goethe melhora a cada ano”, explica Matheus Damian, da vitivinícola Casa Del Nonno.

Aumento do consumo de uvas e vinhos também foi registrado. “Recebemos turistas de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Eles consumiram mais uvas e vinhos se comparado a outras edições. Tudo faz parte de experiências e vivências. Esta celebração influencia os diversos setores da economia regional e local. Percebemos também uma procura maior”, esclarece Luiza Mazon Freitas, da Vigna Mazon.

A programação contemplou ações nas vinícolas, atividades no entorno da praça central, pratos especiais nos restaurantes, voo de balão, mostra histórica na vinícola Cadorin, venda de artesanatos e produtos coloniais, espaço “La Fontana”, tombo da polenta, exposições e manifestações artísticas.

A 11ª Vindima Goethe 2019 é uma realização da Prefeitura de Urussanga por meio do Departamento de Cultura e Turismo em parceria com a Associação dos Produtores da Uva e do Vinho Goethe (ProGoethe), Prefeitura de Pedras Grandes, agência de turismo DS Travel, Epagri, Câmara de Vereadores de Urussanga e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Urussanga.

Vales da uva Goethe

O território Vales da Uva Goethe compreende os municípios de Urussanga, Pedras Grandes, Cocal do Sul, Morro da Fumaça, Treze de Maio, Orleans, Nova Veneza e Içara. A Associação dos Produtores da Uva e do Vinho Goethe (ProGoethe) reúne a cadeia produtiva com o objetivo de elevar a imagem deste produto distinto e raro a fim de preservar, por meio do cultivo desta tradição feito por pequenos produtores, a identidade e cultura de descendentes de italianos no sul de Santa Catarina através da vinificação e harmonização com a gastronomia típica local. As vinícolas associadas à ProGoethe são Casa Del Nonno, De Noni, Quarezemin, Trevisol e Vigna Mazon.

Colaboração: Comunicação / Eliana Maria Maccari

Notícias Relacionadas

Turistas argentinos são assaltados dentro de hotel em Laguna

Segundo relatos, as vítimas foram abordadas por um homem armado com um revólver no segundo andar do edifício.

Vinicultores brindam a nova safra de vinho Goethe neste sábado

Concurso Regional de Vinho Goethe Artesanal e entrega do Certificado do Slow Food à ProGoethe integram também as comemorações da noite.

Resgate cultural: domingo será dia de “Siamo Tutti in Festa”, em Urussanga

Evento acontece na Vigna Mazon, com atrações gastronômicas e artísticas.

Atrações variadas, gastronomia e vinhos esperam o público na Praça Anita Garibaldi

Pré-evento será realizado neste sábado, das 10h às 16h, em Urussanga.