Geral

Vindima Goethe 2019 registra aumento do número de turistas

Aumento do consumo de uvas e vinhos também foi registrado.

Foto: Divulgação

Atraído pela peculiaridade da uva Goethe, o empresário Fabio Cardoso veio de Florianópolis para conhecer e apreciar vinhos feitos com esta rara variedade durante o período de celebração da colheita. “É uma uva típica e única que, aliada a elementos da imigração italiana, criou um lugar maravilhoso nesta região. Visitei vinícolas, degustei os vinhos e participei de harmonizações espetaculares com sommelierè”, destaca o turista.

Ele foi um dos centenas de turistas que prestigiou as atrações da 11ª Vindima Goethe, que ocorreu de 18 a 20 de janeiro, em Urussanga. Vinícolas, restaurantes e rede hoteleira registraram aumento do fluxo de turistas. “Estamos satisfeitos e percebemos que a procura pela uva e vinho Goethe melhora a cada ano”, explica Matheus Damian, da vitivinícola Casa Del Nonno.

Aumento do consumo de uvas e vinhos também foi registrado. “Recebemos turistas de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Eles consumiram mais uvas e vinhos se comparado a outras edições. Tudo faz parte de experiências e vivências. Esta celebração influencia os diversos setores da economia regional e local. Percebemos também uma procura maior”, esclarece Luiza Mazon Freitas, da Vigna Mazon.

A programação contemplou ações nas vinícolas, atividades no entorno da praça central, pratos especiais nos restaurantes, voo de balão, mostra histórica na vinícola Cadorin, venda de artesanatos e produtos coloniais, espaço “La Fontana”, tombo da polenta, exposições e manifestações artísticas.

A 11ª Vindima Goethe 2019 é uma realização da Prefeitura de Urussanga por meio do Departamento de Cultura e Turismo em parceria com a Associação dos Produtores da Uva e do Vinho Goethe (ProGoethe), Prefeitura de Pedras Grandes, agência de turismo DS Travel, Epagri, Câmara de Vereadores de Urussanga e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Urussanga.

Vales da uva Goethe

O território Vales da Uva Goethe compreende os municípios de Urussanga, Pedras Grandes, Cocal do Sul, Morro da Fumaça, Treze de Maio, Orleans, Nova Veneza e Içara. A Associação dos Produtores da Uva e do Vinho Goethe (ProGoethe) reúne a cadeia produtiva com o objetivo de elevar a imagem deste produto distinto e raro a fim de preservar, por meio do cultivo desta tradição feito por pequenos produtores, a identidade e cultura de descendentes de italianos no sul de Santa Catarina através da vinificação e harmonização com a gastronomia típica local. As vinícolas associadas à ProGoethe são Casa Del Nonno, De Noni, Quarezemin, Trevisol e Vigna Mazon.

Colaboração: Comunicação / Eliana Maria Maccari

Notícias Relacionadas

Resgate cultural: domingo será dia de “Siamo Tutti in Festa”, em Urussanga

Evento acontece na Vigna Mazon, com atrações gastronômicas e artísticas.

Turistas argentinos são assaltados dentro de hotel em Laguna

Segundo relatos, as vítimas foram abordadas por um homem armado com um revólver no segundo andar do edifício.

Vinicultores brindam a nova safra de vinho Goethe neste sábado

Concurso Regional de Vinho Goethe Artesanal e entrega do Certificado do Slow Food à ProGoethe integram também as comemorações da noite.

Atrações variadas, gastronomia e vinhos esperam o público na Praça Anita Garibaldi

Pré-evento será realizado neste sábado, das 10h às 16h, em Urussanga.