Geral

Volta da Latam atrasou por demora do Governo do Estado

Segundo André Constanzo, o Corpo de Bombeiros deveria ter enviado um certificado para a Anac.

Foto: Divulgação

Na noite de segunda-feira (6) a Latam emitiu um comunicado oficial ampliando a suspensão dos voos no Aeroporto de Jaguaruna, do dia 9 para o dia 11 deste mês. Conforme o diretor comercial da RDL, que administra a unidade, André Constanzo, haverá uma homologação temporária dos certificados de bombeiros, antes que os cursos sejam aplicados.

“O Governo do Estado devia ter entregado o comprovante sexta-feira na Anac, mas o capitão do Corpo de Bombeiros só fez a entrega ontem e a reunião ficou para hoje. Por isso a Latam adiou a volta dos voos em três dias, a empresa precisa desse prazo para voltar a vender passagens”, explicou. O prazo será de 60 dias, para que os cursos sejam realizados.

Constanzo lembrou que a demora no início dos cursos tem relação com a demanda do serviço no país. “No Brasil existem apenas três empresas que aplicam este tipo de curso e tem filas. Nós temos um contingente de bombeiros já com o curso, então o restante deles vão passar por essa reciclagem”, completou.

Os deputados federais do Sul, Daniel Freitas (PSL), Geovania de Sá (PSDB) e Ricardo Guidi (PSD) estão engajados na situação e terão uma reunião com a diretoria da Anac nesta terça-feira (7), a partir das 16h.

“Espero que consigamos boas notícias para dar no Ponto Final. Vai ser a terceira reunião. Estamos sendo bem recebidos, vamos debater esse mesmo assunto, eles sabem a importância desse Aeroporto de Jaguaruna, que é o principal entre Porto Alegre e Florianópolis. Nós juntos vamos encontrar uma solução”, afirmou Freitas.

Com informações do site 4oito

Notícias Relacionadas

Com aperfeiçoamento constante, Associação de Apicultores de Orleans é destaque em Santa Catarina

Comissão aprova nome de José Nei Ascari ao TCE

Postos da Polícia Rodoviária mantém interdição da Serra e alegam não ter recebido comunicação oficial

Lideranças municipais de Lauro Müller e Bom Jardim da Serra foram informados na manhã desta sexta-feira (01), da liberação do tráfego de caminhões até 15 toneladas na SC-390, trecho da Serra do Rio do Rastro.

Pedras Grandes começa a receber equipamentos para internet rural gratuita