Segurança

“Zoológico particular” com cobras exóticas é descoberto em SC

Segundo a PMA, o homem, encontrado com os répteis no bairro Badenfurt, em Blumenau, alegou que criava as serpentes por "hobby"

Divulgação

Um cativeiro com 13 cobras foi descoberto no bairro Badenfurt, em Blumenau, no Vale do Itajaí, durante uma operação da Polícia Militar Ambiental na manhã desta terça-feira (19). Imagens mostram répteis traficados de seis espécies diferentes, entre elas, uma píton de três metros, com cerca de 25 quilos. Um homem de 26 anos foi flagrado com as serpentes.

Foram apreendidas seis cobras do milho, duas King Snake, duas Sand Boa, duas Piton, uma jibóia e cinco salamandras. Além de cobras, salamandras e peixes também foram encontrados no local.

Segundo a PMA, o homem alegou que criava as serpentes por “hobby”. Ele não foi preso e irá responder criminalmente e administrativamente pelo crime ambiental.

Veja as espécies das cobras apreendidas

Cobra-do-milho (Pantherophis guttatus)
Jibóia (Boa constrictor)
Kingsnakes (Lampropeltis)
Sand Boa (Erycinae)
Píton (Python Mollurus)
Píton Albina (Python Mollurus Albina)
Salamandra-de-costelas-salientes (Pleurodeles waltl)
Peixe Boca de Jacaré (Lepisosteus)
Peixe Polypterus
Peixe Protopterus

O órgão também informou que tráfico de animais é a terceira atividade clandestina mais lucrativa do mundo, ficando atrás do tráfico de drogas e do de armas.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Nova frente fria pode causar pancadas de chuva nesta sexta; veja a previsão por região

Defesa Civil de SC fez o alerta à formação e avanço de uma nova frente fria que deixará o tempo instável em todo o final de semana

Motorista confunde pedais e mata a filha atropelada em SC

Em choque e com dores, condutora foi levada ao hospital

Pacote de crack enterrado ao lado de poste é apreendido em Tubarão

Com apoio do Canil, a droga foi localizada ao lado do poste, embalada e pronta para o comércio

Feagro 2022 é lançada em Braço do Norte

O prefeito, Beto Kuerten Marcelino, lembrou que o Município é o maior parceiro da feira