Trânsito

Caminhoneiro de Urussanga morre em acidente em SP

Altair Meneghetti, 46 anos, conhecido por Dinho, era morador da Linha Rio Maior e dirigia uma carreta de uma empresa de transportes de Orleans.

O motorista do caminhão desgovernado que invadiu uma casa, na zona leste de São Paulo, reside no município de Urussanga. Altair Meneghetti, 46 anos, conhecido por Dinho, era morador da Linha Rio Maior. O acidente, que foi destaque nos meios de comunicação, foi registrado na manhã dessa quarta-feira (2).

O motorista morreu após perder o controle do veículo e atingir uma casa no Itaim Paulista. Segundo informações do Corpo de Bombeiros Altair sofreu um mal súbito.

Em reportagem exibida pela Rede Globo, uma mulher que reside próximo ao local do acidente ouviu as últimas palavras do motorista. “Ele chegou a pedir socorro e gritava: meu nome é Dinho, eu sou de Santa Catarina, ta doendo, me ajuda a sair daqui”, relatou a moradora.

A carreta, carregada com 70 toneladas de cimento, pertence a uma empresa de transportes de Orleans.

Segundo informações, o corpo do motorista está no Instituto Médico Legal – IML e deverá ser liberado nesta quinta-feira (3).
 

  • 84c3ec293bc7347af3293bda41119a36
  • 1331b834ba3d585b8f7e706f326c8643
  • 08f762497134449bbc8e05a3874c87e7
  • 10e15abe13bc65b334869b21d725650e
  • aac9c9566955b121ec8de708fb2248c3
  • 6f560302f15abb218d5b1f8ca3a83977
  • 25191b190a5825d61f184d0465fe6f45

Notícias Relacionadas

Ano letivo inicia com procura intensa pelo Ensino Médio e Técnico em conjunto, na SATC de Orleans

Pais de toda a região buscam na instituição, o diferencial na formação educacional de seus filhos.

Jovem de 23 anos é preso por tráfico de drogas em São Ludgero

Em ação conjunta da Polícia Civil e Militar, foram encontrados ainda 85 comprimidos de ecstasy

Caminhoneiro embriagado colide contra dois carros e foge da polícia em Orleans

Motorista seguiu dirigindo ainda por aproximadamente 3 km, até acatar a ordem de parada da Polícia Militar.

Motorista é flagrado dirigindo embriagado na SC-370, em Braço do Norte

Polícia ordenou parada, mas motorista desrespeitou.