Economia

Ceramistas da região aprovam reajuste

Reajuste no piso será de 12,43%.

Os trabalhadores ceramistas de Criciúma e região aceitaram por unanimidade o reajuste no piso de 12,43%, passando para R$ 1.040 e com a insalubridade de R$ 1.165 e 10% de aumento em assembleia realizada na noite desta terça-feira.

São mais de 5 mil trabalhadores no setor. Segundo Itaci de Sá, presidente do Sindicato dos trabalhadores Ceramista de Criciúma e região, foram quase 4% de ganho real com o INPC de 6,07%. Outra conquista importante foi o aumento diferenciado que valorizou os menores salários em 10% para quem recebe até 3 mil.

“Acima desse valor ele índices escalonados, o trabalhador que recebe R$ 3.500,00, por exemplo, teve aumento de 9,44%, mas continua sendo um ótima conquista” avalia. O abono de férias foi reajustado de 13,63% passando para R$ 650,00. Com a data-base em janeiro a diferença será paga em março.

Maristela Benedet/A Tribuna

Notícias Relacionadas

Ano letivo inicia com procura intensa pelo Ensino Médio e Técnico em conjunto, na SATC de Orleans

Pais de toda a região buscam na instituição, o diferencial na formação educacional de seus filhos.

Servidores municipais de Lauro Müller querem 8% de aumento em reajuste salarial

A resposta sobre a proposta apresentada ao Governo Municipal deve ser conhecida até esta terça-feira (21), antes da assembleia dos trabalhadores.

FGTS: Caixa Econômica funcionará em quatro sábados até julho

Lauro Müller inicia pré-cadastro para liberar FGTS a atingidos por enxurrada