Geral

A maior conquista do Tigre vira um livro

Escrito pelo jornalista e radialista Jota Éder, obra estará disponível, em formato digital, a partir do dia 2 de junho.

Divulgação

No dia em que a maior conquista do Criciúma completará 30 anos, chegará às plataformas digitais o livro “1991 – Criciúma Campeão da Copa do Brasil”. A obra será lançada em formato digital, no dia 2 de junho, na plataforma da amazon.com.br. A publicação é escrita pelo jornalista e radialista Jota Éder e comemora a campanha de 10 jogos que projetou e consagrou o Criciúma Esporte Clube no futebol brasileiro. “Todos os atletas, membros da comissão técnica, dirigentes e até torcedores foram entrevistados, num total de 15 horas de gravações por telefone, no espaço de um mês. Foi a forma encontrada para preservar a saúde de todos em tempos de pandemia de Covid-19”, destaca Eder.

Os heróis de 1991 abrem o coração e dão detalhes dos acontecimentos de campo e de bastidores. Histórias de viagens, de concentrações e de vestiário, que nunca foram tornadas públicas até então. Você sabia que Felipão quase se demitiu em meio à campanha? “Teve uma correria desenfreada para reunir o grupo para o jogo contra o Goiás. Em Belém, a torcida do Remo quase virou o ônibus da delegação. E os detalhes da briga de torcedores no jogo de ida contra o Grêmio, por quem viu de perto a confusão. Tudo isso está no livro”, pontua o escritor.

O conteúdo também tem informações preciosas retiradas dos jornais da época. A parte final ainda dá uma pincelada rápida no tricampeonato catarinense de 91 e na campanha da Libertadores de 92, que fizeram parte de um período mágico para a torcida carvoeira, numa espécie de “quero mais”. “Ao final do texto, tem um caderno de fotos cedidas pelos próprios atletas e de páginas dos jornais históricos com a cobertura da decisão”, completa Eder.

Formato físico sem data de lançamento

O livro físico, em papel, também está sendo preparado, porém, ainda não tem data para ser lançado. O plano é colocá-lo à disposição ainda no mês de junho de 2021. A capa é assinada pela designer gráfico Natália Manica Santos. Desde ontem, as redes sociais do autor começaram a divulgar uma campanha de lançamento do livro. Os canais no Twitter, Instagram e Facebook publicam diariamente frases significativas dos campeões da Copa do Brasil de 91, que também estarão no texto do livro.

Com informações do site TNSul

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Santa Catarina conquista a habilitação de 125 novos leitos de UTI junto ao Ministério da Saúde

As habilitações atendem a 13 unidades hospitalares

I Feira do Livro é oficialmente aberta em Orleans

Professor da rede municipal de Içara lança livro na Bienal do Rio de Janeiro

Henrique Ferresi lançou “A Diferença que Ilumina” no início desta semana

2ª edição da Feira do Livro é aberta em Lauro Müller

O evento seguirá até o sábado (10) nas dependências do Salão de Festas da Igreja Matriz.