Geral

A União Faz a Vida promove segunda Mostra de Projetos

Estudantes apresentarão conhecimentos construídos a partir de práticas que possibilitam a autonomia e cooperação.

Fotos: Daniela Soares

Principal iniciativa de responsabilidade social do Sicredi contempla aproximadamente 180 alunos no Bairro da Juventude

O gesticular constante das mãos ajuda Hanry Manoel Pereira, 11 anos, a descrever sua experiência ao explorar o Museu ao Ar Livre Princesa Isabel, em Orleans. Por trás da empolgação está um jeito diferente de aprender, que permitiu que construísse suas próprias percepções sobre a vida dos imigrantes no sul catarinense. “Tinha muita coisa antiga, equipamentos que usavam nos animais para trabalhar e os moinhos faziam as engrenagens funcionar também”, contou.

Mas a aprendizagem não se resume a sair da escola. A partir dos conteúdos previstos no currículo, uma sequência de práticas possibilita a autonomia dos estudantes, respondendo às suas reais curiosidades e enaltecendo recursos para o trabalho em equipe.

Fotos: Daniela Soares

Assim propõe o programa A União Faz a Vida, principal iniciativa de responsabilidade social do Sicredi que, em 24 anos de trajetória, contempla mais de 220 mil crianças e adolescentes. Na região, a Escola Padre Paulo Petruzzellis – Bairro da Juventude é pioneira, envolvendo aproximadamente 180 alunos.

O conhecimento construído no primeiro semestre do ano será socializado com a comunidade nesta quarta-feira, dia 22, na segunda Mostra de Projetos do programa. O evento acontecerá no teatro do Bairro, a partir das 14 horas, com o protagonismo dos alunos como principal atração. “Os alunos se dedicaram muito para apresentar toda a experiência adquirida e conhecimento. O evento é todo deles, feito por eles”, enalteceu a auxiliar pedagógica de coordenação, Luciane Ricardo.

O programa conta com a cooperação do Município de Criciúma e da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), que atua como assessora pedagógica.

Fotos: Daniela Soares

Sobre o programa

A União Faz a Vida surgiu com o intuito de difundir o conhecimento das comunidades sobre o cooperativismo. Sua proposta foi construída a partir de exemplos internacionais e da parceria com o Centro de Desenvolvimento e Pesquisa sobre Cooperativismo da Universidade do Vale do Rio do Sinos (Unisinos – São Leopoldo/RS).

As expedições investigativas, alinhadas ao currículo escolar, são o ponto de partida da metodologia de projetos, essência do programa. Com a mediação dos educadores, os estudantes rompem os limites da escola e, assim, constroem uma forma colaborativa de compreender a realidade. Mais informações podem ser conferidas no site auniaofazavida.com.br.

Colaboração: Daniela Soares – Assessora de Programas Sociais/ Sicredi Sul SC

 

Notícias Relacionadas

Ex-secretário de Administração de Orleans e empresa tem bens bloqueados

Segundo o Ministério Público, Eduardo Bertoncini era responsável pela pasta na gestão do ex-prefeito Marco Antônio Bertoncini Cascaes

Inscrições abertas para os cursos do Bairro da Juventude

Apoio ao candidato Vitorassi para eleição da Coorsel se intensifica durante reuniões com associados

Na noite de hoje (16), às 19h30min, os associados da comunidade de São Gabriel são convidados a participarem do encontro com os candidatos, em Treze de Maio.

Colisão frontal deixa dois em estado grave na SC-108, entre Orleans e Urussanga

Um dos motoristas ficou preso às ferragens e teve o carro cortado para ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros.