Geral

Academia de Letras de Lauro Müller lança sua primeira obra literária

Intitulada como “A luz do carvão”, os 12 acadêmicos retratam fatos e histórias da cidade e região através de contos, poesias, artigos e crônicas.

Foto: Divulgação/Amelmü

A recém-criada Academia de Letras de Lauro Müller, a AMELMÜ, lançará na próxima segunda-feira (30), sua primeira obra literária: “A luz do Carvão”. O livro com 106 páginas, contempla histórias e fatos que marcaram a cidade e região ao longo dos anos. O evento é aberto ao público e acontece às 19h30min, no Auditório da Coopermilla.

As histórias são contadas através da poesias, contos, crônicas e artigos. Os 12 acadêmicos são os autores. A obra reúne informações voltada para a cultura regional e de Lauro Muller. A discussão é livre. Falam de pessoas, lendas entre outros assuntos. Deixamos a cargo dos autores expressar o seu conhecimento sobre a região de forma livre”, comenta o presidente da academia, Elvis Ricardo de Souza.

Apenas se ser jovem na maioria dos componentes, Evis destaca que ao lançamento desta obra é um marco importante para a cidade. “Enxergamos uma diferença estarrecedora dos jovens que não se interessam por literatura para os integrantes da academia. Esta obra ameniza a degradação cultural em função das inovações tecnológicas, valorizando a cultura da cidade”, defende Elvis.

A Academia de Letras de Lauro Müller, a AMELMÜ foi fundada em 15 de outubro de 2017 e, atualmente, possuem 12 acadêmicos que são: Alan Jung Crocetta, Ângela Aparecida Ricardo Souza, Celso de Oliveira Souza, Dienifer Fretas Belmiro, Elvis Ricardo de Souza, Guilherme Medeiros Anselmo, Gustavo Canever Boneli, Luiz Eduardo Espíndola Satorno, Milena Loli Carrer, Rafaela Citadin, Renan Cassão Martins, Sofia Eloá de Oliveira Souza Brighente e Marina Sprícigo Citadin.

Notícias Relacionadas

Governador admite que atraso da licitação para recuperação da SC-390 está sendo “sinal de incompetência”

Moreira fez declaração ao ser questionado pelo Portal Sul In Foco nesta segunda (30). Em março, o Governo do Estado autorizava o processo de licitação.

I Feira do Livro é oficialmente aberta em Orleans

Madeira retirada em local de futura obra de Lauro Müller está sendo reutilizada

Lenha está indo para Fundação Hospitalar Henrique Lage e toras serão usadas na produção de pranchas e vigas para pontes.

Consultor Eduardo Pizzetti lança livro para aumentar as vendas de empresas e pequenos negócios