Segurança

Advogados suspeitos de “facilitar” contato entre criminosos são alvo de operação em SC

Mandados estão sendo cumpridos em Joaçaba, Capinzal, Ouro, Água Doce e Piratuba

Foto: Divulgação

O Ministério Público de Santa Catarina deflagrou uma operação na manhã desta quinta-feira (13) que tem como alvo advogados investigados por “facilitar” a comunicação de presos com criminosos que atuam do lado de fora da prisão. Estão sendo cumpridos dois mandados de prisão preventiva e 11 de busca e apreensão. Além disso, três profissionais terão a suspensão cautelar da prática profissional.

A Operação Balthus é resultado de investigações que iniciaram há mais de um ano. As ordens judiciais estão sendo cumpridas nas cidades de Joaçaba, Capinzal, Ouro, Água Doce e Piratuba. Participam da ação policial dois promotores de Justiça e 24 policiais integrantes do Gaeco.

De acordo com o MP, esta prática coloca a sociedade em risco e promove o crescimento e avanço contínuo de organizações criminosas, “principalmente porque tem se tornado um método eficaz para o funcionamento do sistema de comunicação entre criminosos”, garantindo que as informações ilícitas permaneçam sendo transmitidas, por meio de advogados, entre eles e para terceiros.

Com informações do NSC Total

Notícias Relacionadas

Comentarista de arbitragem diz que pênalti de Barreto foi “bem marcado”

Tigre perde para o Flamengo por 2 a 1, em Brasília

Dupla suspeita de lavar dinheiro milionário é presa em casa de shows em SC

Durante a operação, foram apreendidos veículos, celulares e documentos

Final de semana em SC terá sol e temperaturas próximas aos 30ºC

Embora os dias sejam quentes, as noites e madrugadas serão frias, com temperaturas variando entre 4°C e 10°C