Geral

Assembleia da Cerbranorte é marcada pela participação expressiva dos associados

Aproximadamente 650 pessoas, entre associados e consumidores participaram, na noite de terça-feira, 2, da Assembleia Geral Extraordinária da Cooperativa de Eletrificação de Braço do Norte, marcada pela expressiva presença dos associados e pela intensidade dos debates gerados pelos assuntos abordados. Todas as propostas do Conselho Administrativo foram aprovadas pelos associados presentes.

Para o vice-presidente da cooperativa, Manoel da Silva, o Nelo, esta foi uma grande assembleia. “Tivemos nessa assembleia diferentes opiniões, e isso é muito válido, o debate é sem bem-vindo. Ninguém ganhou e ninguém perdeu hoje, é bom destacar isso. O trabalho continua, sempre buscando o melhor para a cooperativa”, afirma o vice-presidente Manoel da Silva, o Nelo.

“Primeiramente, agradeço muito todas as pessoas que estiveram presentes na Assembleia. A participação do associado é sempre muito importante, pois a Cerbranorte é de todos nós. Por isso, ninguém saiu da Assembleia derrotado ou vencedor. A maioria optou por aprovar as propostas apresentadas e é preciso que este resultado seja respeitado, assim como foram respeitadas as decisões tomadas pela maioria em outras assembleias que é soberana”, comenta o presidente Antonio José da Silva, o Toninho. “Seja para votar a favor ou contra as propostas, queremos que o associado continue participando sempre”, completa.

Todo o Estatuto está disponível no site da Cerbranorte: www.cerbranorte.com.br, e também na sede da Cerbranorte.

O voto na assembleia

Durante a assembleia, o direito ao voto, assim como o processo de votação foi questionado por alguns presentes. Por isso, cabem alguns esclarecimentos referentes ao assunto.

Para exercer o direito de voto na assembleia, o associado deve comparecer ao local com um documento com foto e estar rigorosamente em dia com as obrigações junto a cooperativa. As pessoas jurídicas devem apresentar contrato social ou ata para a comprovação do representante legal. Já as entidades associadas devem apresentar livro de atas ou estatuto para comprovação do representante legal. E a pessoa física não poderá votar através de mandatário.

Vale destacar que nenhum associado é obrigado a votar. Ou seja, mesmo que compareça à assembleia, ele pode optar por não votar ou, ainda, votar somente nos itens que deseja.

Colaboração: Comunicação Cerbranorte

  • 37880fd06caeb0c06d595dd448dec128
  • 669e2a24a55b5aed97cfc3531a9c8a29
  • fa94aacf5cd1949be1aeaadef6dd4a46
  • 6e838153b7156c853b16625e04760c40
  • 8dc0732ea2ee4c70c6b3df6f967ac1c6
  • cd81f2a9cd4538e3a8a165e762778893
  • 41f51632a04ae0f6dfd8ab6abae46c9f
  • ec122246b8e6f4bf0b02c4027aa5566b