Esporte

Atleta de Tubarão precisa de ajuda para participar da maior corrida de obstáculos do país

Kamila Melo está em busca de patrocínio para transformar em realidade o antigo sonho

Divulgação

Aos 21 anos, a tubaronense Kamila Melo Mendonça está em busca de patrocínio para transformar em realidade um sonho: participar da maior competição de corrida com obstáculos no país, a Bravus Race.

Segundo a atleta, que também é acadêmica de Jornalismo, são seis etapas. “São quatro em São Paulo, uma em Belo Horizonte e uma no Rio de Janeiro. Será a primeira vez que vou sair de Tubarão, de Santa Catarina, para competir fora. Sempre foi uma vontade, um sonho, quero muito representar a cidade e ser uma das únicas do Estado a estar lá”, revela Kamila.

A preparação é puxada, de acordo com Kamila. Ela treina seis dias por semana, de 2h30 a 3h de treino. “A preparação envolve técnica, força, velocidade, potência, é bem variado, pois há vários obstáculos, como trincheira, escada com força de braço, lama, morro, piscina de gelo, carregamento de peso. Sou bastante exigida na prova”, explica.

“É bem variado porque preciso ser completa para conseguir estar preparada para qualquer desafio que a corrida proporcionar. Tem até teste de memória, em que recebo um código, preciso correr dois quilômetros e depois falar esse código. É bem complexo”, revela.

Para poder participar do campeonato, ela precisa conseguir R$ 8 mil, recurso que irá cobrir gastos com transporte, hospedagem, alimentação e passagem aérea. “Há pacotes nos quais as empresas podem ajudar e, dependendo da escolha, a logo vai no uniforme. Mas qualquer pessoa pode ajudar com o valor que puder”, diz.

Interessados em ajudar podem entrar em contato com ela por meio do número (48) 99696-9859.

Competições desde os nove anos

Kamila é atleta desde os nove anos. Ela já foi de atletismo e corrida de 400 metros com barreira. “E ainda coloco o crossfit como preparação e pilar importante para ficar forte e ter potência para alguns obstáculos. Além disso, concentro minha preparação no treinamento, em dormir bem e tomar bastante água, como também ter alimentação equilibrada”, ressalta.

Para ela, a expectativa para participar do campeonato Bravus Race é grande. “Muitas pessoas sempre me motivaram a mergulhar nessa modalidade. Mas deixei o esporte um pouco de lado por causa do jornalismo. Nesse ano, tomei a decisão de manter os dois. O esporte é minha paixão, tem muita chance de eu conseguir ficar entre os três melhores”, acrescenta. Um vídeo para apoiar a atleta foi realizado pela Persona Filmes.

Com informações do Diário do Sul

Notícias Relacionadas

Ministério da Saúde recebe mais 2 milhões de doses da Pfizer

Imunizante chegou hoje no Aeroporto de Viracopos

Casal capota veículo na Via Rápida e é encaminhado ao hospital em Içara

Trânsito no local ficou lento durante atendimento aos envolvidos

Mestrado em Engenharia Metalúrgica conecta estudos com a indústria

Período de inscrições para nova turma está aberto na UniSatc

Carro colide em poste e deixa condutora em estado grave, em Jaguaruna

Acidente aconteceu na manhã deste domingo, em Arroio Corrente