Esporte

Beto Campos, ex-técnico do Criciúma, morre aos 54 anos

Foto: Caio Marcelo / Especial / Especial

Morreu na madrugada desta segunda-feira (23), aos 54 anos, o técnico de futebol Beto Campos. Ele havia trabalhado até março deste ano no Novo Hamburgo, clube pelo qual conquistou o título do Campeonato Gaúcho em 2017. Também no ano passado, o treinador esteve em Santa Catarina no comando do Criciúma entre setembro e novembro, durante a Série B, quando teve 12 jogos com três vitórias, quatro empates e cinco derrotas.

Segundo o filho do técnico, William Campos, Beto sofreu um infarto fulminante enquanto dormia em sua residência, em Santa Cruz do Sul. ” Ele passou mal por volta das três horas da madrugada e nós chamamos a Samu. O atendimento até chegou rápido, eles tentaram fazer a massagem cardíaca para reanimar ele, mas não conseguiram”, declarou.

O filho de Beto contou ainda que o pai tinha pressão alta, tomava remédio regularmente e não possui histórico de problemas cardíacos.

O corpo do comandante será velado na capela da Funerária Halmenschlager, em Santa Cruz do Sul, das 9h30min às 12h. A cerimônia será aberta ao público. Já o enterro acontecerá nesta terça-feira (24), em São Borja, no Cemitério Jardim da Paz, ainda sem horário confirmado.

Com informações do site Dário Catarinense

Notícias Relacionadas

Dois morrem após colisão frontal entre motocicletas na SC-108, em Orleans

Mikael Fraga Claudino, de 22 anos, e Nelson da Silva, de 40 anos, pilotavam as motocicletas e não resistiram aos ferimentos.

Homem morre após colidir em bitrem tanque na BR-101, em Araranguá

Vigário paroquial de Capivari de Baixo, padre Hilário Puziski, morre aos 79 anos

Morre Waldemar Colonetti, presidente da Aproet, aos 76 anos