Geral

Cadela sobrevive a deslizamento após ficar quase 18 horas soterrada em Orleans

Garagem e carro também foram atingidos. Não houve feridos, mas excesso de chuva deixa região em alerta para novas ocorrências.

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Após 30 minutos de escavação e retirada de vigas de concreto, uma cadela foi retirada com vida de um desmoronamento de terra registrado na tarde desta quinta-feira (29), em Orleans. O resgate aconteceu por volta de 15 horas  em uma residência localizada na Estrada Geral do bairro Rio Belo.

Mas, segundo a Defesa Civil, o deslizamento aconteceu por volta de 21h30min do dia anterior. Na tarde de hoje, o proprietário teria identificado a cadela e acionou os Bombeiros. A garagem e o carro também foram atingidos.

“A cadela se salvou por ser pequena”, comenta o soldado Mauro. Conforme o Bombeiro Militar, o animal estava em sua casinha no momento do incidente e ficou em um espaço formado por vigas de concreto e terra, não sendo atingido. Com o auxílio de uma retroescavadeira e populares, o animal foi socorrido e passa bem.

“A família da casa ao lado não precisou sair do local. Disponibilizamos lona para colocarem no pátio de cima e no barranco. A casa de cima pode ficar em risco se não tomarem as medidas preventivas urgentemente”, enfatiza a coordenadora municipal da Defesa Civil em Orleans, Micheline Berger.

Alerta

O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil alertam para a situação do solo em função das chuvas dos últimos dias. “O morador de encostas deve ficar atento à movimentação de terra. Estamos com o solo bem encharcado e não está descartada a possibilidade de novos deslizamentos de terra”, lembra Mauro.

“Em nossa cidade, o cidadão se preocupa em construir as residências e não se pensa no escoamento das águas. Todos tem total responsabilidade na proteção de sua moradia e arredores. Qualquer instabilidade notada próximo das residências e encostas, o morador deve ligar para a Defesa Civil (199) ou Corpo de Bombeiros (193)”, lembra Micheline.

Fatalidade anunciada

Em fevereiro de 2016, o jovem Octávio Vieira Bressan de 17 anos morreu soterrado enquanto tomava banho. Ele teve a casa atingida por um deslizamento de terra no bairro Alto Paraná.

Notícias Relacionadas

Apoio ao candidato Vitorassi para eleição da Coorsel se intensifica durante reuniões com associados

Na noite de hoje (16), às 19h30min, os associados da comunidade de São Gabriel são convidados a participarem do encontro com os candidatos, em Treze de Maio.

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Ex-secretário de Administração de Orleans e empresa tem bens bloqueados

Segundo o Ministério Público, Eduardo Bertoncini era responsável pela pasta na gestão do ex-prefeito Marco Antônio Bertoncini Cascaes

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.