Segurança

Caminhoneiro segue 32 km com motociclista preso à cabine após acidente de trânsito; VEJA OS VÍDEOS

O motociclista conseguiu se segurar na cabine do caminhão e permaneceu agarrado do lado de fora da cabine por cerca de 32 km sem o caminhoneiro parar

Divulgação

Um acidente de trânsito inusitado chamou a atenção das pessoas que transitavam pela BR-101 na tarde deste sábado (6), a colisão entre um caminhão e uma motocicleta teria acontecido em Itajaí. Pois, o condutor do caminhão, seguiu em frente sem prestar socorro à vítima, a passageira da motocicleta acabou caindo no local, porém, o caminhoneiro foi até Balneário Camboriú sem parar.

O motociclista conseguiu se segurar na cabine do caminhão e permaneceu agarrado do lado de fora da cabine por cerca de 32 km sem o caminhoneiro parar. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal que atendeu a ocorrência, o caminhão colidiu com outros veículos que estavam na BR-101.

A equipe da PRF estava atendendo outro acidente no KM 119 da rodovia quando o caminhão passou pelo local. Como eles estavam no sentido contrário, não foi possível realizar a abordagem. Com o apoio da Polícia Militar de Itapema, outro caminhoneiro conseguiu fazer com que o motorista diminuísse a velocidade. Conseguindo puxar a mangueira de ar dos freios do caminhão, fazendo com que o condutor fosse obrigado a parar próximo ao KM 139 da rodovia, no Morro do Boi, em Balneário Camboriú.

Na realização da abordagem, outros motoristas chegaram a descer dos carros e agredir o caminhoneiro. As agressões pararam após a chegada da equipe da PM, da PRF e dos socorristas.

Durante o trajeto percorrido, a motocicleta ficou engatada na parte frontal do caminhão. O motociclista segurou na cabine durante todo o trajeto, e a passageira da motocicleta foi socorrida pelo helicóptero Arcanjo do Corpo de Bombeiros na noite deste sábado (6), mas faleceu logo depois.

Notícias Relacionadas

Nove indicações e dois projetos pautam sessão do Legislativo de Lauro Müller

Coorsel promove testes em equipamentos de proteção

Para realizar esses testes a Coorsel contratou a empresa Inovarum. A empresa seguiu as normas regulamentadoras e verificou os equipamentos e ferramentas ensaiado e fará um laudo técnico de acordo com a Norma Técnica vigente e com respectivo código de rastreamento

Conmebol divulga datas e horários da fase de grupos da Libertadores

Atual campeão Palmeiras estreia dia 21 em Lima contra o Universitario

Incêndio destrói caminhão que transportava caixões em SC

Segundo os bombeiros, o veículo transportava 36 caixões vazios, quando o baú do veículo encostou em uma fiação elétrica e iniciaram as chamas. Acidente ocorreu em Papanduva e ninguém ficou ferido.