Geral

Carros voadores: realidade ou ficção?

Foto: Divulgação

Já na década de 60 se presumiu que carros voadores seriam parte da realidade de hoje. E, quando se tratava de filmes de ficção científica, já era suposto todos nós estarmos sentados em nossos carros voadores por alguns anos, voando com eles para fazer compras, esportes ou trabalho.

No entanto, hoje ainda estamos viajando de carro e de transporte público para chegar de A a B. Mas isso pode ser uma coisa do passado, já que a Airbus revelou seus planos para o seu projeto Vahana em 2017. Como a combinação de aeronaves e veículos deve se parecer e quando o carro voador do futuro conquistará nosso mercado, você pode descobrir aqui.

Na Conferência Tech em Hong Kong, a Airbus anunciou que desenvolvedores e pesquisadores estão trabalhando duro nos primeiros meios de transporte de voo para uso diário. Infelizmente, este não é um DeLorean, como o conhecemos a partir da trilogia do filme Back to the Future, mas uma combinação de carro e avião pequeno.

O meio de transporte especialmente desenvolvido para uso próprio é operado de forma totalmente automática, o que significa que os passageiros não precisam de uma pista para descolar, nem precisam de um piloto treinado. Como resultado, a Airbus espera minimizar, se não impedir, o risco de acidentes por mão humana, tornando o voo mais seguro. Além disso, o “carro voador” está equipado com um sistema que lhe permite identificar e evitar obstáculos numa fase inicial. Por enquanto, tudo bem. Mas mesmo que o primeiro protótipo seja lançado já no final deste ano, o modelo atual de aeronavegabilidade estará disponível em alguns anos, para ser exato em 2020.

Embora os críticos acreditem que será mais 10 a 20 anos antes de vermos o primeiro modelo de aeronavegabilidade em nossos ares, a Airbus está firmemente convencida de que chegou o momento de superar a terceira dimensão. Para isso, a Airbus oferece argumentos poderosos, como o crescente desenvolvimento de megacidades e o aumento da poluição do ar, para impulsionar seu projeto. O objetivo é aliviar as megacidades das ruas cheias de trânsito.

Mas a Airbus forneceu mais surpresas durante esta visita à conferência Tech em Hong Kong.

Outro projeto em que a Airbus atualmente trabalha diligentemente é o módulo de voos. Este conceito baseia-se na ideia de que cada voo é adaptado às necessidades dos passageiros. Isso significa que seu voo para Vegas, por exemplo, poderia ser dedicado em breve ao tema do ‘cassino’. O projeto já foi testado por um ano, mas ainda não chegou na Europa. Apesar de já poder jogar em cassinos nos voos do século XXI, em sites como o Cassino Online Spin Palace, tal só é possível com uma ligação estável à internet, e isto realmente promete que estes veículos possam ser fontes de entretenimento para alem de conveniência.

A tecnologia nos surpreende uma e outra vez e, portanto, é muito concebível que muito mudará nos próximos anos. Como exemplo, o desenvolvimento do celular. A conveniência e utilidade dos celulares cresceu tanto que hoje é inconcebível viver sem um, e brevemente isso será também verdade para o “carro voador”. Estamos definitivamente ansiosos para ver se a Airbus realmente consegue obter um modelo do carro voador em 10-20 anos.

Notícias Relacionadas

Ingressantes na UniSatc ganham curso livre gratuito

São 46 opções de cursos de diversas áreas do conhecimento para a escolha dos novos acadêmicos

Criciúma revitaliza ruas do bairro Mina Brasil e avança com pavimentações no Cristo Redentor

Maioria dos trabalhos está sendo feita com equipes e maquinários da Secretaria de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana

Acidente com oito veículos interdita trecho da BR-282 em SC

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), cinco pessoas tiveram ferimentos leves

Hospital São José recebe novo acelerador linear

Novo equipamento irá substituir aparelho que veio para instituição em 1999