Saúde

Caso Hospital São José: Reunião deverá debater atendimentos da unidade

Às 14h, o assunto será debatido no Ministério Público Federal em Criciúma.

Hospital São José

Foto: Katia Farias / Comunicação Hospital São José

A situação do Hospital São José volta a ser debatido hoje. Sem funcionar normalmente desde o ano passado, quando foi deflagrado greve por conta da dívida de R$ 25 milhões, a unidade hospitalar está atuando somente em situações de urgência e emergência e espera receber boas notícias para voltar a atender a população de todo o sul do estado.

A partir das 14 horas, na sede do Ministério Público Federal – MPF, uma nova reunião será feita. Uma das propostas elencadas refere-se ao atendimento referenciado, que consiste no atendimento de casos urgentes através de um encaminhamento médico e a manutenção do transporte feito pelo Samu ou Ambulância.

Propostas ainda não foram acertadas entre o poder público e o hospital. Funcionários também esperam uma resposta positiva. Em dezembro do ano passado, funcionários foram ao MPF fazer um protesto pedindo uma solução para a situação, onde na ocasião, o estado garantiu R$ 3 milhões para a instituição.

Com informações do Portal DN Sul

Notícias Relacionadas

Em agenda na capital, prefeito garante mais de R$ 600 mil de recursos para Cocal do Sul

Nesta terça-feira, dia 13, Fernando de Fáveri esteve na capital em busca de pleitos ao município

Legislativo: Vereador Nél propõe que ele e Gaguinho doem três meses de salário ao hospital

Enquanto o presidente falava, o vereador Ronaldo prontamente respondeu: "Fechado". Alegando "questão de ordem", ele tentou fazer uso da palavra, mas sem sucesso

Vereadores de Lauro Müller denunciam perseguição, assédio e pagamento de gratificação indevida

Em sessão acalorada, vereadores de oposição explanaram sobre fatos envolvendo o Poder Executivo e cobraram justificativa

Menino de 12 anos golpeia pai com facão para defender mãe de agressão no Oeste de SC

Segundo a polícia, o pai do adolescente chegou bêbado em casa e tentou agredir a esposa