Geral

Casos de abandono e maus-tratos de animais crescem em Orleans

Voluntárias buscam ajuda financeira para dar continuidade ao trabalho de proteção.

Foto: Divulgação

Uma situação está preocupando protetoras de animais em Orleans. O número de casos de abandono e mais-tratos segue crescendo gradativamente na Cidade das Colinas, chegando ao pico no período das férias.

Os animais contam com a proteção e ações de resgate de 10 voluntárias da equipe PetLovers. Porém, para desempenhar o trabalho, precisam de ajuda financeira. Especialmente com o aumento significativo dos casos. “Após os resgates, os animais são encaminhado para a clínica PetOuro, que é uma grande parceira nossa praticando preços especiais. Mas, ainda assim, nossa conta lá está muito alta”, explica a vereadora Mirele Debiasi, que é uma das voluntárias. “Estamos passando uma situação muito difícil, mas não podemos deixar de olhar e zelar por esses anjos”, acrescenta.

Depois do atendimento veterinário, as voluntárias buscam lares para o animais. Mesmo com a realização de feirinhas, há dezenas deles para adoção responsável.

Ela ainda destaca que também que a falta de castração de animais de ruas, acaba aumentando a população dos animais de rua. “Muitos não entendem que os animais não têm culpa, seguem seus instintos. E eles não foram parar nas ruas por vontade própria e, sim, porque foram abandonados. Aliás, os casos de abandono crescem no períodos das férias. Alguns tratam animais como objeto, quando não querem mais ou estão velhos, descartam”, pontua.

Como ajudar

As pessoas que desejam ajudar nos resgates realizados pelas voluntárias podem contribuir com qualquer valor diretamente na clínica PetOuro ou realizar depósito/transferência para a conta no Banco do Brasil:

Titular: Mirele Debiasi

Agência: 0955-5

Conta corrente: 23842-2

Acompanhe o trabalho realizado

O trabalho das voluntárias é divulgado por meio das redes sociais, assim como os animais que aguardam um lar para encher de amor. Para acompanhar basta seguir o Instagram @petloverorl e o Facebook /petloversorleans .

Mais informações sobre a iniciativa ou sobre os animais resgatados podem ser obtidas por meio do bate-papo nas respectivas páginas. “Quem acompanha o antes e depois entende o valor de um resgate!”, finaliza Mirele.

Legenda foto: Antes e depois de Drica, que foi resgatada faminta, machucada e com pulgas e carrapatos. Ela segue em busca de um lar

Colaboração: Stéphanie Piava – Jornalista

 

Notícias Relacionadas

Apoio ao candidato Vitorassi para eleição da Coorsel se intensifica durante reuniões com associados

Na noite de hoje (16), às 19h30min, os associados da comunidade de São Gabriel são convidados a participarem do encontro com os candidatos, em Treze de Maio.

Ex-secretário de Administração de Orleans e empresa tem bens bloqueados

Segundo o Ministério Público, Eduardo Bertoncini era responsável pela pasta na gestão do ex-prefeito Marco Antônio Bertoncini Cascaes

Índices de crimes caem bruscamente em Orleans

Segundo dados divulgados pela Polícia Civil, houve redução de 300% dos crimes de roubo e quase 30% do número de furtos.

Eleições 2020: PP estuda possíveis coligações para lançar candidatos ao Executivo de Orleans

O presidente do partido, Silvério Baggio, conversou com a Redação do Sul In Foco e destacou uma possível parceria com o PSD